Notícia

O lobby como instrumento de negócios

Tema é debatido durante a reunião do Programa FIEMG Jovem

“O lobby é extremamente importante para nossos negócios. A atividade, que está sendo profissionalizada agora, precisa ser desmistificada, para que possamos avançar no tema”, afirmou Humberto Noronha, presidente do programa FIEMG Jovem, ao apresentar Beatriz Falcão, coordenadora de comunicação da empresa Profissão Relgov, que conduziu o tema Introdução à área de Rig e da profissão. A palestra foi realizada, de forma on-line, no dia 19 de outubro, durante a reunião ordinária do programa.

Segundo Falcão, Relações Governamentais (Regolv) é o ato de influenciar o processo decisório de elaboração de políticas públicas, defendendo interesses de empresas privadas, órgãos públicos, associações e governos. “Mas a atividade também pode ser compreendida como lobby, que nada mais é do que uma ferramenta de influência por meio da comunicação entre atores, de forma transparente e republicana”, explicou.

A coordenadora de comunicação também esclareceu que existe uma diferenciação entre os termos Rig, Relgov e Lobby. Relações Institucionais e Governamentais (Rig) é a defesa de interesses entre entidades privadas/governos e entidades de um mesmo setor. Relações Governamentais (Relgov) são aquelas entre entidades privadas ou públicas com os governos estaduais, municipais ou federal. Já o Lobby é a atividade realizada por grupos de interesse para influenciar a construção de políticas públicas por meio de interação direta com tomadores de decisão.

A palestrante pontuou que a estimativa é que existam 96 mil profissionais na área de Rig, mas apenas 8 mil se declaram. Esses profissionais atuam em associações, startups, consultorias, escritórios de advocacia, sindicatos, federações e gabinetes de autoridades. “De acordo com a pesquisa da Pensar Relgov, os setores que mais demandam profissionais desta área são: Farmacêutico (14,8%), Tecnologia da Informação (14,1%), Biotecnologia (11,7%) e Alimentos (10,2%)”, afirmou Falcão.

Mário Campos, presidente da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais, do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool do Estado de Minas Gerais e do Sindicato da Indústria do Açúcar no Estado de Minas Gerais (Siamig), participou da reunião e pontuou, para os participantes, que as políticas públicas e ações de governo têm o poder de moldar o cenário de negócios. “Vocês estão se preparando para serem líderes e é importante que entendam que uma liderança precisa ter a capacidade de se relacionar e influenciar, sendo que uma das ferramentas para isso é o lobby”, ressaltou.

A palestra Introdução a área de Rig e da profissão foi o primeiro tema de uma programação de quatro encontros organizados por Camilo Silveira, diretor de Relações Institucionais e Governamentais do FIEMG Jovem. “Neste ciclo de debates sobre relações institucionais iremos aprofundar sobre o tema e abordar diversas vertentes, como os dilemas éticos e a importância dele para o associativismo”, esclareceu Silveira.

Outros temas - O picht da noite foi apresentado por Yáskara Sayonara Alves Passos, da Aliança Veículos. Criada em 1985, é especializada em reparação automotiva de multimarcas. "Contamos com equipamentos de ponta que, somados à qualificação dos nossos profissionais, proporcionam excelência de qualidade nos serviços de mecânica, lanternagem e pintura", explicou Passos. Também foi reforçado o convite para o II Encontro Nacional de Jovens Industriais, que será realizado de 3 a 5 de novembro, em Belo Horizonte.

Últimas notícias

  1. Programa FIEMG Jovem recebe Mentoria em ESG

    Leia

  2. Taxa de Incêndio em Minas Gerais é declarada inconstitucional

    Leia

  3. Minascon: economia circular e arquitetura por Marcelo Rosenbaum

    Leia

  4. FIEMG Zona da Mata promove treinamento sobre SPED Fiscal

    Leia

  5. Simpósio de Recursos Hídricos chega ao fim com Carta de Belo Horizonte

    Leia

  6. Embaixador do Chile no Brasil visita a FIEMG

    Leia

  7. Especialistas em recursos hídricos visitam laboratórios do CIT SENAI

    Leia

  8. Minascon: estrutura de palitos aguenta 50kg e vence concurso 'A Ponte'

    Leia