Notícia

Presidente da FIEMG e governador do estado inauguram o P7 Criativo

Primeiro hub de inovação e economia criativa do país ocupa edifício de 25 andares, no Centro de Belo Horizonte

Fotos Sebastião Jacinto Júnior

O P7 Criativo, primeiro hub de inovação e economia criativa do Brasil, inaugurado nesta terça-feira (20) pelo presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, e pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, já está de portas abertas, no coração da Praça 7, Centro de Belo Horizonte.

“Este projeto é mais uma confirmação de que a iniciativa privada é um moto-contínuo de desenvolvimento social. Não existe desenvolvimento social sem desenvolvimento econômico. Em breve, o P7 está cheio de empresas, de empreendedores, revitalizando o Centro da cidade”, frisou Roscoe.

O presidente da FIEMG lembrou que o projeto era capitaneado pela Prodemge, pelo Estado, e Romeu Zema procurou a iniciativa privada para concretizá-lo. “O P7 será uma grande oportunidade para os cidadãos de Belo Horizonte alçarem novos voos. Esta é a casa de todos os empreendedores. E a economia criativa depende da interface entre vários setores”, ponderou ainda.

Ao ressaltar que a economia de Minas Gerais cresceu 5,1% em 2021, ao passo que a média nacional ficou em 4,6%, Zema assegurou que “o setor produtivo é a mola propulsora do progresso. É o setor privado que está movendo nossa economia”.

Presidente da Associação P7 Criativo, Gustavo Macena apontou que a inauguração do novo espaço do hub vinha sendo “sonhada” desde 2016. “Estamos realizando na semana da economia criativa, simultaneamente ao maior evento de economia criativa da América Latina, o Minas Trend”, comemorou.

“Flávio Roscoe apoia a gente para além do desenvolvimento social. Agradeço a todo o Sistema FIEMG, por toda essa participação social. Acreditamos muito que toda essa indústria criativa possa encontrar neste prédio seu apoio”, ressaltou o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

P7-inaugura-12.jpg

História e inovação

Revitalizados com investimentos da ordem de R$ 56,2 milhões, os 25 andares do prédio que acolhe o P7 Criativo - projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer em 1953 - recebem 412 estações de coworking, salas privativas, museu, biblioteca digital e laboratório aberto com núcleo de design, espaço de convivência, auditório e restaurante.

O edifício está sob gestão da FIEMG por 20 anos, e atenderá a empresas e atividades de áreas como Patrimônio Cultural, Artística, Arquitetura, Publicidade, Moda, Design, Gastronomia, Móveis e Audiovisual. Empreendedores e empresas de todos os portes, startups, coletivos, artistas, grupos culturais, associações, investidores e agentes públicos são bem-vindos.

Gerente do P7 Criativo, Márcia Azevedo explica que uma empresa, por exemplo, pode escolher ocupar uma estação de trabalho, uma sala ou um andar do prédio. Os residentes, diz ainda, têm à sua disposição toda a estrutura do prédio, além do contato diário com uma infinidade de empreendedores, das mais diversas áreas.

Veja aqui mais imagens do evento.

Serviço:

Inauguração do P7 Criativo

Na Rua Rio de Janeiro, 471, Centro, Belo Horizonte 

Luisana Gontijo

Imprensa - FIEMG

Últimas notícias

  1. FIEMG Jovem debate novos modelos de negócios

    Leia

  2. Parceria que fomenta o conhecimento e a cultura

    Leia

  3. Professor do SESI é finalista de concurso musical

    Leia

  4. Aeroporto Internacional de Belo Horizonte impulsiona indústria e economia

    Leia

  5. CIEMG: diretrizes de trabalho para nova gestão

    Leia

  6. Off-site como tendência das construções do futuro

    Leia

  7. Saúde em foco: tudo sobre diabetes pra você

    Leia

  8. Curso sobre prospecção de clientes marca a retomada das atividades do setor de Rochas Ornamentais em Uberaba

    Leia