Notícia

Primeiro Aeroporto Industrial do Brasil é tema de webconferência

Encontro online foi promovido pelo CIEMG e pelo SINDIPEÇAS

O Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (CIEMG) e o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS) realizaram na terça-feira, dia 28/04, por meio de um webinar, o encontro “Aeroporto Internacional de Belo Horizonte: um novo conceito de soluções logísticas integradas”. O evento contou com a participação de Marcos Brandão, CEO do BH Airport, e de representantes da indústria e do governo do estado.

O encontro online, que contou com a participação de cerca de 70 pessoas, teve como objetivo promover o debate sobre as oportunidades e vantagens geradas pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, o aumento da competitividade para as empresas e a atração de investimentos para o Brasil e Minas Gerais.

Foi apresentado durante o webinar por Rafael Laranjeira e Cristiano Jardim, da BH Airport, empresa que detém a concessão da administração do aeroporto, que está sendo implementado o projeto Aeroporto-Indústria, com benefícios fiscais diferenciados, conexão direta com Zona Primária de Importação e Exportação, armazenamento e controle de materiais end-to-end, entre outros.

O Aeroporto-Indústria transforma o terminal em um entreposto aduaneiro, onde empresas, principalmente aquelas que usam insumos importados e produzem bens de alto valor agregado, passam a ter isenção de impostos federais, estaduais e municipais para produzirem mercadorias destinadas à exportação. O local vai unir a produção e o modal aéreo, facilitando o escoamento.

De acordo com Marcos Brandão, CEO da BH Airport, o projeto pioneiro tem previsão de investimento de R$ 1 bilhão nos próximos anos e vai promover competitvidade para todo o estado, principalmente para o Vetor Norte e atrair investimentos externos para Minas Gerais."O Aeroporto-Indústria vai trazer indústrias de volta, produzindo mais com valor agregado e promover a exportação. O projeto contribui com a internacionalização das empresas", afirma.

Para Fábio Sacioto, diretor regional do SINDIPEÇAS e financeiro da FIEMG, o tema da apresentação é de interesse de diversos setores industriais. "O Aerorporto-Indústria é uma oportunidade de reduzir custos com burocracia que temos hoje com os processos de importação e exportação de mercadorias. Além de beneficiar a gestão do Caixa", ressalta.

Cássio Braga, presidente do CIEMG, acredita que "o projeto vai ser fundamental para recuperar o setor de aviação quanto para a retormanda da indústria mineira".

web.jpg

web3.png

Últimas notícias

  1. FIEMG participa de Audiência Pública contra a burocracia em Juiz de Fora

    Leia

  2. O lobby como instrumento de negócios

    Leia

  3. FIEMG recebe visita de representantes do Consulado Geral do Canadá no Rio de Janeiro

    Leia

  4. Sindivest-JF oferece curso de Costureiro Industrial do Vestuário em parceria com o FIEMG Competitiva e SENAI

    Leia

  5. SENAI 4.0, um espaço voltado para o futuro

    Leia

  6. Estado será o mais acolhedor para investimentos que cumprem normas ambientais, diz Roscoe

    Leia

  7. Minas Gerais se prepara para ser fornecedora da área de defesa

    Leia

  8. O Futuro da Sustentabilidade

    Leia