Notícia

Rumo ao associativismo do futuro

Reunião do Conselho FIEMG Jovem contou com debate sobre o associativismo e representatividade

A reunião remota do Conselho FIEMG Jovem, realizada no dia 20/10, teve início com a leitura, por Alexandre Mol, presidente do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA-MG), da missão do colegiado que é “Impactar positivamente o ambiente de negócios brasileiro por meio do associativismo, preparando jovens empreendedores para liderar com ética, sustentabilidade, conhecimento e inovação”. 

No pitch empresarial da noite, Micael Duarte França, representante da MDX Indústria e Comércio de Aço, apresentou a empresa. A MDX atua junto a indústria e serralharia, com o fornecimento de tubos, chapas, perfis estruturais, telhas, telas e acessório. Também tem presença na construção civil, por meio de vergalhões, treliças, telas para piso, arames e acessórios.  “Oferecemos serviços de corte, dobra, armação de vergalhões, fabricação de vigas, colunas e cintas, dentre outros”, explicou França.

Na sequência, os jovens empresários tiveram a oportunidade de assistirem 
ao debate “Associativismo: Uma Visão Governamental, Política e de Transformações nos Sindicatos”. A mediação foi feita por Cristiano de Castro Lamego, gerente de Desenvolvimento Sindical da FIEMG. Os debatedores foram os presidentes de sindicatos; Mário Campos, do Sindicato da Indústria da Fabricação do Álcool e do Açúcar no Estado de Minas Gerais (SIAMIG), Alexandre Mol, do SINDIREPA-MG e Manoel Bernardes, do Sindicato das Indústrias de Joalherias, Ourivesarias, Lapidações e Obras de Pedras Preciosas, Relojoarias, Folheados de Metais Preciosos e Bijuterias no Estado de Minas Gerais (SINDIJOIAS).

Os representantes falaram sobre os desafios do associativismo, as relações com as esferas do governo, seja municipal, estadual ou federal e as soluções utilizadas pelos setores para o enfrentamento da crise causada pelo coronavírus. “A FIEMG já vinha se organizando para apresentar os pleitos do setor produtivo e, por isso, saiu na frente das demais, mostrando a força do associativismo mineiro”, afirmou Campos.  

Já o tema “Transformações Sindicais para Ganho de Força e Representatividade”, foi apresentado por Rodrigo Fernandes, presidente do Sindicato dos Proprietários de Jornais, Revistas e Similares do Estado de Minas Gerais (SINDIJORI) e Rodrigo Rocha Scarpelli, diretor de Liderança e Inovação do Conselho FIEMG Jovem.

“Estamos em uma série de reuniões sobre associativismo e como ele é importante para o meio produtivo”, afirmou Humberto Noronha, presidente do Conselho FIEMG Jovem, agradecendo 
aos membros de sindicatos que se apresentaram durante a reunião.  

“A ideia é nivelar o conhecimento de todos e demonstrar o quanto os sindicatos são importantes e como entidades como a FIEMG podem nos representar perante o governo e a sociedade. Desta maneira, estamos aprendendo o associativismo na prática, para sermos a mudança que o país precisa”, ressaltou Noronha, pontuando que, ao final deste ciclo de encontros, o colegiado irá apresentar um novo modelo de associativismo do futuro. 

Últimas notícias

  1. Abertas as inscrições para os cursos técnicos do SENAI-MG

    Leia

  2. Tax Values participa do Venda Mais FIEMG

    Leia

  3. FIEMG e Hospital da Baleia fortalecem parceria em favor da sociedade

    Leia

  4. Inclusão e diversidade nas empresas: como torná-las realidade?

    Leia

  5. Moda, consumo e o futuro do setor têxtil

    Leia

  6. SENAI-MG doa 500 mil máscaras para profissionais de saúde em todo o estado

    Leia

  7. Atividade da indústria mineira segue aquecida em outubro

    Leia

  8. IEL e ITA firmam parceria e oferecem primeiro mestrado profissional em Computação Aeronáutica do Brasil

    Leia