Notícia

Santa Casa de Montes Claros recebe álcool glicerinado produzido pelo SENAI

Produto será usado na higienização de médicos, enfermeiros, pacientes e colaboradores

A Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros recebeu 1.800 litros de álcool 70% glicerinado, na sexta-feira 17/4, doados pela FIEMG, por meio do SENAI. A doação é fundamental neste momento em que o país enfrenta uma guerra contra a Covid-19, uma vez que o produto está escasso no mercado. Com 2500 funcionários, entre colaboradores, enfermeiros e médicos, a Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros é o maior hospital das regiões Norte de Minas Gerais e sul da Bahia. Atende pacientes das duas regiões e é referência em assistência médica no interior de Minas.

O insumo foi produzido pelo CIT SENAI FIEMG, em parceria com o Departamento de Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Cerca de três mil litros de álcool 70% glicerinado e em gel serão produzidos e distribuídos a hospitais que públicos que necessitem do material.

O superintendente da Santa Casa, Maurício de Sousa, considera o álcool essencial para higienização e prevenção no combate ao vírus. “Parceiros como a FIEMG fazem toda a diferença para que esta instituição siga cumprindo a missão de atender asqueles que precisam cuidar de seu bem mais valioso: a vida”, destaca. "Agradecemos em especial ao presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, e ao vice-presidente da Regional Norte, Adauto Marques, pela constante parceria com a Santa Casa de Montes Claros”, conclui o superintendente.

Segundo o vice-presidente da FIEMG Regional Norte, Adauto Marques Batista, a Santa Casa é o primeiro hospital da região a receber essa doação. Na sequência, a FIEMG estará estendendo a ajuda a outros hospitais de Montes Claros, não só com a doação do álcool, mas de máscaras e outros produtos necessários ao trabalho de atendimento aos possíveis contaminados com o coronavírus.

“O trabalho da FIEMG está chegando na ponta onde o combate ao vírus e às consequências que ele produz na economia, é essencial. Por meio das indústrias, e sob as articulações dos vice-presidentes das regionais em todo o Estado, a FIEMG trabalha pela população”, esclarece Marques. Ainda segundo Batista, “a FIEMG tem atuado fortemente também junto aos governos federal e de Minas Gerais com importantes sugestões às medidas econômicas adotadas que poderão amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavirus na economia, visando preservas empresas e empregos" finaliza.

FOTO-SUPERINTENDENTE-DA-SANTA-CASA.jpg

Últimas notícias

  1. SENAI Minas é premiado no Top Lean 2021 com 20 projetos educacionais

    Leia

  2. Projeto de educação financeira do SESI Barbacena arrecada mais de R$ 2 mil

    Leia

  3. Workshop "Fortalecimento de Representação do Setor Produtivo nos Comitês de Bacias Hidrográficas”

    Leia

  4. Minas Gerais: o estado da Moda

    Leia

  5. Segunda edição do Encontro Nacional de Jovens Industriais está com inscrições abertas

    Leia

  6. CIEMG realiza reunião e apresenta importância da sustentabilidade em empresas

    Leia

  7. Feira da Moda movimentou Taiobeiras, no Norte de Minas

    Leia

  8. Vem aí a 4ª edição do Conecta Vale do Aço

    Leia