Notícia

Setor produtivo celebra decisão do STF

Decisão judicial favorável para que o ICMS excluído seja o destacado na nota fiscal garante a ordem jurídica do país

Sebastião Jacinto Júnior

Em julgamento realizado nos dias 12 e 13/05, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu decisão judicial favorável para a exclusão do ICMS destacado na nota fiscal da base de cálculo do PIS/Cofins. A decisão é comemorada pelo setor industrial, que vinha demonstrando receio quanto a uma decisão contrária a essa.

“Foi o julgamento do século na área tributária”, comenta Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). Para o líder empresarial, a manutenção da decisão tomada em 2017 traz segurança jurídica para o país. "A decisão é a garantia de uma ordem jurídica da qual podemos confiar", afirma, pontuando que a FIEMG, na defesa dos interesses do setor produtivo, trabalhou para apresentar à sociedade e à Corte os impactos negativos que uma decisão diferente da tomada poderiam ter na economia brasileira.

“As empresas que compensaram o tributo ou que têm ações em cursos, anteriores a 2017, podem ficar despreocupadas”, afirma, se referindo a devolução, às empresas, dos valores dos tributos que foram cobrados de forma indevida. “Já as que entraram com ação após 2017, o STF decidiu pela modulação da decisão, em que o direito é reconhecido a partir dos anos subsequentes da ação. Desta maneira, não terão direito aos cinco anos retroativos”, alerta.

O Recurso Extraordinário (RE) 574706 teve como relatora a ministra mineira Cármen Lúcia, que votou, nesta quarta (12) para que exclusão do ICMS seja válida de 15 de março de 2017 em diante. O julgamento teve continuidade no dia 13/05 e a decisão foi tomada por oito votos a três. O parecer para que a nova regra tenha validade de 2017 em diante foi dado pelos ministros Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski, Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

Últimas notícias

  1. Sindigraf-JF tem nova Diretoria

    Leia

  2. Cemig prevê investimento de R$ 15,4 bilhões nos próximos seis anos

    Leia

  3. Setor têxtil participa de projeto Setorial Lean Manufacturing

    Leia

  4. Conselho Tributário da FIEMG aborda temas diversos sobre ICMS

    Leia

  5. Inspeção veicular em pauta

    Leia

  6. FIEMG Jovem recebe Flávio Roscoe em conversa sobre rumos de Minas e do país

    Leia

  7. Sociedade, indústria e comunidade acadêmica conectadas

    Leia

  8. Tributos e Encargos do Setor Elétrico Brasileiro

    Leia