Notícia

Um curso sob medida para o setor produtivo

FIEMG e ITA lançam oficialmente, em live, o Mestrado Profissional em Computação Aeronáutica

Mestrado Profissional em Computação Aeronáutica, uma parceria entre a FIEMG e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), foi lançado oficialmente no dia 20/04. O evento, realizado em forma de live, transmitida pelo canal oficial da FIEMG no youtube, teve o objetivo detalhar o curso.


“Este curso tem a percepção e visão da indústria”, afirmou Flávio Roscoe, presidente da FIEMG, a abertura do evento. “O curso é totalmente voltado para o setor produtivo e nós temos em mãos uma grande oportunidade de acessar o que existe de melhor em relação a tecnologia”, afirmou o líder empresarial pontuando que o mestrado será uma troca de experiência e conhecimento entre os alunos e os professores. “Isso graças à excelência dos alunos, que já chegarão com base e vivências adquiridas no setor industrial. O ITA foi generoso ao abrir suas portas para nós”, ressaltou.

“O curso com a FIEMG é inédito e iremos seguir as diretrizes do Massachusetts Institute of Technology (MIT)”, afirmou Anderson Correia, reitor do ITA, contando que a instituição foi fundada há 70 anos, em 1950. “O ITA foi criado para o fortalecimento da indústria brasileira, assim como o MIT nos EUA. Temos orgulho de termos formado as primeiras turmas de mestrado em engenharia do país. A Embraer, por exemplo, tem como um de seus maiores patrimônios os profissionais formados por nós”, ressaltou Correia.  

Realizado pela primeira vez fora da sede do ITA, localizada em São José dos Campos, São Paulo, o Mestrado Profissional em Computação Aeronáutica é estruturado nos pilares da inovação, como ciências de dados, segurança cibernética, sistemas embarcados, autônomos e pode ser aplicado nas áreas industriais de base tecnológica e no setor aeronáutico. Seu objetivo é transferir o conhecimento técnico-científico para os profissionais que atuam neste nicho de mercado de trabalho.  

“O ITA nasceu no contexto da aeronáutica, mas ao longo dos anos passamos a atuar em outras áreas de grande complexidade, como Sistema Autônomos, Ciências de Dados, Ciência de Dados, Segurança Cibernética e Industria 4.0, dentre outras”, explicou Inaldo Capistrano, doutor em Engenharia Eletrônica e Computação e professor do ITA, ao apresentar o curso.  

Debate - Paula Harraca, diretora de Pessoas e Inovação da ArcelorMitttal Aços Longos Latam e Presidente do Conselho de Gestão Estratégica de Pessoas da FIEMG e Félix Cid, diretor de RH e Gestão da MRS, participaram de um debate em que responderam, ao vivo, as dúvidas de quem estava acompanhando a live. “O mundo está apresentando cada vez mais desafios complexos e é necessário aprender a desaprender, a revisitar seus conhecimentos, abrir mão do que já sabe para aprender novas coisas e investir em formação”, afirmou Harraca.  

Já Cid, pontuou que a formação de mão-de-obra é algo de extrema importância para o país e que no setor de ferrovias, não existe cursos especializados no assunto. “A iniciativa irá trazer bons frutos para a indústria”, disse afirmando que quando a empresa precisa de mão-de-obra qualificada, investe na formação dos profissionais.  

A live de lançamento do Mestrado Profissional em Computação Aeronáutica teve Gustavo Macena, superintende do IEL, como mediador e também contou com a participação de Jesuíno Takachi Tomita, vice-reitor do ITA. “O curso é um movimento que veio para ficar, trazendo uma nova era na área da computação para Minas Gerais. O ITA tirou as paredes de sua sede, em São José do Campo, e ampliou seu campo de atuação”, celebra Macena. 

Para conhecer o Mestrado Profissional em Computação Aeronáutica, CLIQUE AQUI

Últimas notícias

  1. Relação entre Covid-19 e doença ocupacional é abordada em Ciclo de Debates

    Leia

  2. Novas formas para financiamento de projetos da Indústria 4.0

    Leia

  3. FIEMG mobiliza indústrias do Vale do Aço no combate à pandemia

    Leia

  4. SESI Cultura promove cursos on-line

    Leia

  5. Últimos dias para se inscrever nos cursos da Escola SENAI para o Audiovisual

    Leia

  6. Nova lei de licitações e suas consequências para o setor produtivo

    Leia

  7. Brexit e as relações Brasil-Reino Unido

    Leia

  8. Copom anuncia elevação e Selic vai a 3,5% ao ano

    Leia