Notícia

Uma nova geração preparada para o futuro

Por meio do Programa Legado, jovens líderes do FIEMG Jovem são mentorados por profissionais experientes e de alta perfomance

Após um ano de muito aprendizado e trocas de experiências, chega ao fim a primeira edição do Programa Legado. A cerimônia de encerramento foi realizada nesta quinta-feira, dia 23/9, no Teatro Sesiminas.

O programa de mentoria para líderes do futuro, desenvolvido pelo IEL/MG, teve como objetivo desenvolver alguns principais líderes da FIEMG para que, a partir de suas expressivas bagagens, no papel de mentores, fossem capazes de contribuir verdadeiramente para a mudança do sentido da vida dos empresários, executivos e empreendedores do FIEMG Jovem.

Com a mentoria de profissionais experientes e de alta perfomance, os jovens membros, no papel de mentorados, foram convidados a trilhar novos caminhos, impulsionados por uma mentalidade mais criativa e inovadora voltada para o compartilhamento de propósito e a construção de legados cheios de significados para si, para as organizações e para o mundo ao seu redor.

O presidente da FIEMG, Flávio Roscoe apresentou, no evento, a palestra “O Líder Associativista e o seu Legado”. Para o líder empresarial, a vantagem do universo associativista é que você não constrói sozinho. “Os legados de longo prazo são construídos com outros e para os outros. Quem faz um legado pra si está fadado ao fracasso”, afirma. Para Roscoe, legado tem a ver com trajetória e os exemplos deixados pelo caminho. 

Humberto Noronha, presidente do FIEMG Jovem, acredita que o Programa Legado continuará orientando não só os líderes do FIEMG Jovem, mas, principalmente, definindo os rumos da indústria mineira. “Espero deixar uma cultura, onde o FIEMG Jovem possa formar líderes para o associativismo e ser uma diferença para a indústria mineira”, diz.

De acordo com o superintende do IEL, Gustavo Macena, o programa de liderança visa preparar e investir, com uma trajetória de aprendizados, os futuros líderes, os “mentees”, para os desafios que virão.

A palestra “Legado” foi proferida pela professora da Fundação Dom Cabral, Kedma Nascimento. “O legado é aquilo que construímos durante a vida, e que, mesmo quando não estivermos mais neste mundo, vai continuar falando por nós”, pontua. De acordo com Nascimento, o legado trata-se de exemplos de pessoas, famosas ou não, cujas qualidades servem como inspiração para traçarem o próprio caminho. “São indivíduos que construíram algo material ou imaterial, com valores e princípios, e que, apesar dos obstáculos e desafios, deixaram um exemplo muito forte e difícil de esquecer, seja ele profissional ou pessoal. Eles conseguiram deixar mais do que um modo de vida a ser seguido: construíram, realmente, um legado!”, ressalta.

Para Rejaine Almeida, gerente de Educação Executiva do IEL e do IEL Hub de Carreiras, a mentoria envolve mais que autoconhecimento e desenvolvimento humano. "É uma iniciativa voltada à transformação dos participantes, das organizações das quais fazem parte e da sociedade como um todo, uma vez que propõe reflexões profundas acerca dos propósitos e contempla a colaboração com base em valores sólidos. Apostamos muito nesse formato e temos expectativa de levá-lo a mais líderes no próximo ano, visando impactar todo o ecossistema industrial e todo o nosso estado. O que certamente refletirá no futuro da nossa nação", pontua. 

Talita Boutros

Jornalismo FIEMG 

Galeria

Últimas notícias

  1. FIEMG Competitiva e SindSorvete oferecem aperfeiçoamento profissional

    Leia

  2. CIEMG realiza reunião e apresenta importância da sustentabilidade em empresas

    Leia

  3. Minas Gerais: o estado da Moda

    Leia

  4. Segunda edição do Encontro Nacional de Jovens Industriais está com inscrições abertas

    Leia

  5. SENAI Minas é premiado no Top Lean 2021 com 20 projetos educacionais

    Leia

  6. Projeto de educação financeira do SESI Barbacena arrecada mais de R$ 2 mil

    Leia

  7. FIEMG divulga a programação da 26ª edição do Minas Trend

    Leia

  8. Workshop "Fortalecimento de Representação do Setor Produtivo nos Comitês de Bacias Hidrográficas”

    Leia