Notícias

Secretário do Ministério de C&T reforça importância nacional do CIT SENAI

Paulo Alvim conheceu laboratórios do Centro de Inovação e Tecnologia nesta segunda-feira (13)

Fotos: Luisana Gontijo

As tecnologias e inovações desenvolvidas nos 68 laboratórios do CIT SENAI - instalados em 30 mil metros quadrados de área construída, em Belo Horizonte -, que atendem a cerca de 700 clientes por ano, precisam e devem ser estendidas ao alcance de indústrias e empresas de todo o país. A avaliação é do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, após visita, nesta segunda-feira (13/12), a laboratórios do CIT SENAI.

Impressionado com a infraestrutura e com a riqueza das pesquisas desenvolvidas no CIT SENAI, Alvim apresentou várias sugestões de parcerias e apoios para o incremento do trabalho. “Acho que o CIT é uma solução integradora, que facilita. E o que eu vejo é que as indústrias de Minas e do Brasil precisam usar mais o CIT. Esse modelo dá certo, esse modelo alavanca a inovação e é fundamental que o setor industrial e empresarial brasileiro conheça essa experiência do CIT”, argumentou.

Propostas

“O Paulo Alvim é muito importante na estrutura do ministério, ele é quem comanda as questões da Ciência e Tecnologia e da Inovação, e a vinda dele aqui foi espetacular, porque nos colocou uma série de propostas, de possibilidades, inclusive, sinalizando com apoios, para incrementar mais o nosso CIT. Ele trouxe grandes alternativas para nos colocar no circuito nacional, efetivamente, da inovação e da tecnologia. Além de dar sugestões, Alvim já se mobilizou para dar continuidade à implementação desses processos que vão agregar muito à nossa área e inovação e tecnologia”, ponderou também o vice-presidente da FIEMG, Teodomiro Diniz.

Antes da visita aos laboratórios, o gerente de Serviços Tecnológicos do CIT SENAI, José Luciano Assis fez uma apresentação a Alvim sobre o que é e como funciona o Centro de Inovação e Tecnologia. A missão do CIT SENAI, ressaltou, é promover a indústria mineira em sintonia com os interesses da sociedade, estimulando os valores da livre iniciativa e do empreendedorismo.

Com laboratórios ultramodernos, disse ainda Assis, o CIT SENAI tem perfil para ser um centro de excelência de classe mundial em tecnologia e inovação, contribuindo para a sustentabilidade e a competitividade da indústria. E, para que a indústria cresça, o Centro investe em inovação, pesquisa e desenvolvimento, serviços tecnológicos, suporte metrológico e geração de inteligência.

Galeria

Últimas notícias

  1. Minas Gerais precisa qualificar 1 milhão trabalhadores em ocupações industriais até 2025

    Leia

  2. Melhoria dos processos é tema de reunião no Centro de Inovação e Tecnologia

    Leia

  3. CIT SENAI recebe visita de Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico da Grande BH

    Leia

  4. CIT SENAI Day conecta pesquisadores da UFV a grandes corporações

    Leia

  5. Conselho da FIEMG aprova contas da gestão 2021

    Leia

  6. Sindicato promove visita ao CIT SENAI

    Leia

  7. Brasilidade e inovação em forma de drinks

    Leia

  8. Hidrogênio como combustível para as aeronaves do futuro

    Leia