Notícia

Secretário do Ministério de C&T reforça importância nacional do CIT SENAI

Paulo Alvim conheceu laboratórios do Centro de Inovação e Tecnologia nesta segunda-feira (13)

Fotos: Luisana Gontijo

As tecnologias e inovações desenvolvidas nos 68 laboratórios do CIT SENAI - instalados em 30 mil metros quadrados de área construída, em Belo Horizonte -, que atendem a cerca de 700 clientes por ano, precisam e devem ser estendidas ao alcance de indústrias e empresas de todo o país. A avaliação é do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, após visita, nesta segunda-feira (13/12), a laboratórios do CIT SENAI.

Impressionado com a infraestrutura e com a riqueza das pesquisas desenvolvidas no CIT SENAI, Alvim apresentou várias sugestões de parcerias e apoios para o incremento do trabalho. “Acho que o CIT é uma solução integradora, que facilita. E o que eu vejo é que as indústrias de Minas e do Brasil precisam usar mais o CIT. Esse modelo dá certo, esse modelo alavanca a inovação e é fundamental que o setor industrial e empresarial brasileiro conheça essa experiência do CIT”, argumentou.

Propostas

“O Paulo Alvim é muito importante na estrutura do ministério, ele é quem comanda as questões da Ciência e Tecnologia e da Inovação, e a vinda dele aqui foi espetacular, porque nos colocou uma série de propostas, de possibilidades, inclusive, sinalizando com apoios, para incrementar mais o nosso CIT. Ele trouxe grandes alternativas para nos colocar no circuito nacional, efetivamente, da inovação e da tecnologia. Além de dar sugestões, Alvim já se mobilizou para dar continuidade à implementação desses processos que vão agregar muito à nossa área e inovação e tecnologia”, ponderou também o vice-presidente da FIEMG, Teodomiro Diniz.

Antes da visita aos laboratórios, o gerente de Serviços Tecnológicos do CIT SENAI, José Luciano Assis fez uma apresentação a Alvim sobre o que é e como funciona o Centro de Inovação e Tecnologia. A missão do CIT SENAI, ressaltou, é promover a indústria mineira em sintonia com os interesses da sociedade, estimulando os valores da livre iniciativa e do empreendedorismo.

Com laboratórios ultramodernos, disse ainda Assis, o CIT SENAI tem perfil para ser um centro de excelência de classe mundial em tecnologia e inovação, contribuindo para a sustentabilidade e a competitividade da indústria. E, para que a indústria cresça, o Centro investe em inovação, pesquisa e desenvolvimento, serviços tecnológicos, suporte metrológico e geração de inteligência.

Galeria

Últimas notícias

  1. Anglo American Challenge FIEMG Lab recebe inscrições para 2ª edição

    Leia

  2. FIEMG busca fornecedores de materiais de higiene, limpeza e descartáveis

    Leia

  3. Programa de Desenvolvimento de Conselheiros conclui a capacitação da 11ª turma

    Leia

  4. Programa Residência Industrial forma primeira turma com 33% dos alunos já contratados

    Leia

  5. Minas Gerais precisa qualificar 1 milhão trabalhadores em ocupações industriais até 2025

    Leia

  6. Aberta segunda edição do programa Legado

    Leia

  7. FIEMG busca fornecedores para indústrias de bebidas da Zona da Mata

    Leia

  8. Desempenho da panificação é tema de workshop promovido pelo Sindipan-JF

    Leia