Notícia

Cervejarias artesanais firmam compromisso com a FIEMG para doação do bagaço de malte

PCIR e SINDBEBIDAS estreitam parcerias que vão beneficiar a construção da Panificadora Comunitária Pão de Malte

O Sistema FIEMG, por meio do IEL, no âmbito do Programa de Competitividade Industrial Regional – PCIR, em parceria com o SINDBEBIDAS e a Associação José de Almeida – ACJA, firmaram acordo, no dia 25/6, por meio de um termo de compromisso, com as cervejarias artesanais de Nova Lima, CLAN e BRÜCKE, que farão a doação do bagaço de malte, que é um resíduo do processo produtivo das cervejarias, como insumo na produção para o Projeto Pão de Malte.

O projeto intitulado de “Fortalecimento da Economia Colaborativa do Município de Nova Lima: Estímulo à criação de um empreendimento social no ramo da panificação, a partir da utilização de resíduos provenientes da Indústria Cervejeira”, foi aprovado pela Anglogold Ashanti, no edital do “Programa de Parcerias Sustentáveis 2018”.

Guiados pelo empresário Humberto Araújo, três analistas de projetos da FIEMG, o superintendente-executivo do SINDBEBIDAS, Cristiano Lamego, e o presidente da ACJA, Eric Camargo, acompanhado do secretário executivo, Eduardo Souza, conheceram todo o processo de produção da Cervejaria CLAN.

Conhecer o funcionamento das cervejarias que participam, voluntariamente, do projeto é essencial para estreitar a parceria. Na ocasião, a analista de projetos da FIEMG, Juliana Trindade, agradeceu o apoio da cervejaria e destacou que “quando a padaria estiver operando, a doação do bagaço de malte será muito importante para a sustentabilidade do negócio social”.

Humberto Araújo disse estar aberto para troca de conhecimentos. “Estou há três anos nessa área e gostaria de conhecer outras cervejarias para saber como posso melhorar”, acrescenta, “vocês podem fazer dessa fábrica o ponto de apoio para o projeto”, destacou ao assinar o termo de compromisso.

Já Fabiana Bontempo, empresária da Cervejaria BRÜCKE, conta que há muito tempo buscava meios para reaproveitar a grande quantidade de insumo gerada na cervejaria. “A importância do projeto consiste em aproveitar o bagaço de malte para alimentação humana”, e complementa, “atualmente a maioria do bagaço tem sido utilizada na fermentação ou alimentação de gado”, explica.

Ainda pela manhã, os analistas da FIEMG realizaram uma reunião de alinhamento com a governança envolvida no projeto, na sede da ACJA, local onde a padaria Pão Malte será instalada, para discutir as próximas etapas de execução que serão desenvolvidas junto às cervejarias e comunidade. “A reunião serviu para abrir horizontes e esclarecer como vamos atuar daqui para frente, especialmente, a favor da comunidade”, destacou o presidente da ACJA, Eric Camargo.

“Esse é um passo importante do projeto, pois contempla a assinatura do termo de compromisso com duas cervejarias que vão participar do projeto, de maneira afetiva, doando a principal matéria-prima para o processo de produção da Padaria Comunitária”, destacou o superintendente-executivo do SINDBEBIDAS, Cristiano Lamego.

20180625_094110__________________.jpg

Últimas notícias

  1. Empresários do Norte de Minas conheceram as ações do projeto FIEMG Competitiva

    Leia

  2. FIEMG Regional Vale do Paranaíba recebe o PRAI

    Leia

  3. Setor sucroenergético mais competitivo

    Leia

  4. SINDIVESTU e SINDICALÇADOS promovem workshop de mídias sociais através do FIEMG Competitiva

    Leia

  5. Inscrições abertas para o Programa Futuros Engenheiros

    Leia

  6. Empresa do setor moveleiro de Uberlândia ganha produtividade com projeto do FIEMG Competitiva

    Leia

  7. Mais competitividade para as empresas de Taiobeiras

    Leia

  8. Nova mineração

    Leia