Notícias

Promover a cultura é para todos

Pessoas físicas podem doar até 6% do Imposto de Renda devido para iniciativas culturais, sem impacto no bolso

Promover e incentivar a cultura é um dos pilares do SESI MG. Seja com atividades próprias – que vão de cursos nas mais variadas áreas artísticas a grandes espetáculos em seus Centros Culturais espalhados pelo estado – ou trabalhando em conjunto, atua com a indústria mineira e com seus trabalhadores para promover a qualidade de vida em Minas Gerais. É assim com a Orquestra Filarmônica do Estado, instituição que atuou próxima ao SESI em 2017. Agora, em dezembro, milhares de brasileiros podem ser, também, parceiros da cultura e doar até 6% do seu Imposto de Renda. E o melhor, sem mexer no bolso.

Para apoiar a cultura não é preciso ser um promotor de eventos, uma instituição ou grande empresa. Qualquer pessoa pode incentivar iniciativas culturais abatendo o valor do seu Imposto de Renda de Pessoa Física. A legislação brasileira permite que o contribuinte destine até 6% do seu imposto devido para projetos culturais, desde que sua declaração de IRPF seja preenchida e entregue no modelo completo. Mas atenção: as contribuições a serem declaradas no Imposto de Renda de 2018 (ano-base 2017) precisam ser feitas até o dia 29 de dezembro de 2017.

Trabalho parceiro

O SESI MG, nascido há 70 anos para ser o braço social da indústria mineira, promove a qualidade de vida em Minas Gerais em diversas frentes. A cultura é um dos pilares desta atuação. Em todo o estado, mantém grupos artísticos – Orquestra de Câmara, Cia de Dança, Orquestra Jovem e Coral SESIMINAS –, que formam músicos e bailarinos. Oferece, ainda, espaços próprios para a realização de grandes espetáculos, apresentações, mostras e exposições. São cinco Centros Culturais, oito teatros, cinco galerias de arte e o Museu de Artes e Ofícios. Soma-se a esse conjunto as parcerias com outras instituições culturais, como a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, o que permite uma ampla presença em todo estado.

Orq_SESI_07_06_17-Andre_Fossati_051.jpg

Em 2017, a parceria com a Filarmônica  marcou as comemorações dos 70 anos do SESI. Foram três apresentações, todas na Sala Minas Gerais – a “casa” da Orquestra do Estado. A última delas, em setembro, teve como objetivo sensibilizar e mobilizar os mineiros, por meio da cultura e da arte, para a importância do tema “Água” e para a participação de Minas Gerais no 8º Fórum Mundial da Água, que acontecerá no primeiro semestre de 2018, em Brasília.

SESI MG e Filarmônica têm relação próxima pelo amplo trabalho que desenvolvem pela cultura e pela arte em Minas Gerais. Também em 2017, concertos da Orquestra de Câmara SESIMINAS aconteceram na Sala Minas Gerais, sempre com grande público. Inclusive, músicos que se formaram no SESI hoje são membros da Filarmônica. O violinista Rodolfo Toffolo é um deles. Mineiro de Belo Horizonte, foi solista frente à Orquestra Jovem SESIMINAS.


Quer ser um incentivador da cultura? Saiba como:

Passo #1
Podem investir em projetos culturais aprovados pelo MinC (Ministério da Cultura) na Lei Rouanet, pessoas físicas contribuintes do Imposto de Renda, deduzindo até 6% do IR devido.

Passo #2
O investidor deve depositar o valor desejado para o patrocínio na conta bancária do projeto (aberta e supervisionada pelo MinC) até o último dia útil do ano corrente. Após o depósito, a entidade ou pessoa que propôs o projeto irá emitir um recibo e enviar ao patrocinador, sendo que este servirá como comprovante para que a renúncia fiscal se efetue.

Passo #3
O ressarcimento do patrocínio feito virá no ano seguinte, na forma de restituição ou abatendo do valor do IR a pagar.

Últimas notícias

  1. Empresários têm mais facilidade para investir em inovação

    Leia

  2. Presidente da FIEMG comenta sucessão presidencial em matéria da Folha de São Paulo

    Leia

  3. Terceira etapa da Seletiva WorldSkills termina neste sábado

    Leia

  4. Padarias mineiras investem em capacitação para sucessão empresarial

    Leia

  5. Presidente da FIEMG participa de reunião de coordenadores sindicais

    Leia

  6. Astec do Brasil busca fornecedores no “Compre Bem”

    Leia

  7. Palestra na FIEMG abordou o Tratamento Tributário Setorial

    Leia

  8. Centro Cultural Sesiminas abre inscrições para todas modalidades da escola de cultura

    Leia