Notícias

Café Empresarial: o cérebro no centro das decisões

É preciso cuidado com as armadilhas na hora da decisão

Muito além do que imaginamos, a vida é feita de decisões, o tempo todo, sejam elas conscientes ou inconscientes, todas originadas no cérebro. O assunto foi tema do Café Empresarial de abril, realizado no CIEMG no dia 26.

“O que eu decido, me define”, afirmou a palestrante Patrícia Quaresma, psicóloga, especialista em terapia clínica. O estilo de cada um é construído ao longo da vida, a partir de três grandes estruturas: “se sou amado, se sou adequado, se sou capaz”, explica. A combinação desses fatores reflete a história de cada um e define as escolhas ao longo da vida, destacou Patrícia.

As escolhas, por sua vez, podem ser de vários tipos como comportamentais: se a pessoa é mais interativa, otimista, solidária; ou relacionais, com a família e amigos, ou ainda, espirituais, se o indivíduo cultiva alguma crença ou tem fé em algo superior.

O espaço da decisão está sempre entre um estímulo que provoca a reação ou uma ameaça, explicou a especialista sobre os valores que direcionam a decisão. Cada escolha tem um valor instrumental, baseado nas necessidades pessoais, de utilidade ou sobrevivência.  Outro valor é o indicativo, que são as referências sobre o modo de vestir, de se comunicar, por exemplo.

A psicóloga lembrou que há sempre o momento em que cada um pode escolher se fica no passado, culpando os pais sobre sua criação, por exemplo, ou se muda o rumo e decide sobre o que colocaria ou retiraria da “vitrine da própria vida”.  

Mas é preciso estar atento ao perigo das muitas armadilhas na hora de tomar decisões. Elas podem ser circunstanciais, dependendo do momento, podem ser a outra pessoa, como a esposa ou o sócio, ou ainda, mais perigosas, as crenças negativas, ao se julgar incapaz.

“Todos nós somos invadidos por crenças negativas, o tempo todo”, disse. "Mas crença não significa verdade absoluta e a diferença está no modo como se decide que rumo tomar, a partir da voz interna que insiste sobre a nossa incapacidade”, concluiu a palestrante.

 

Últimas notícias

  1. Jantar do Clube do Galo Mineiro vai reunir setores de frango e ovos

    Leia

  2. Governador Valadares recebe o Lab Truck do SENAI

    Leia

  3. Empresa chinesa conhece potenciais de Uberaba e reúne empresários locais

    Leia

  4. Empresas de Uberaba são aprovadas em edital de inovação

    Leia

  5. Tendências para a indústria em pauta em Governador Valadares

    Leia

  6. SINDBEBIDAS e PCIR promovem mais uma ação do Projeto Pão de Malte

    Leia

  7. Minas Gerais quer ampliar negócios com sul-africanos

    Leia

  8. 22ª Fenova começa com grandes expectativas de vendas

    Leia