Notícias

Projeto aprovado em edital de inovação inglês vai melhorar a vida de idosos

Empresa mineira teve o apoio da FIEMG para viabilizar o financiamento via cooperação internacional

Um projeto da empresa mineira Empreendimentos Digitais foi aprovado em edital de inovação inglês, com o apoio da FIEMG. O CitiZen: Connecting cities to citizens (conectando cidades a cidadãos) vai criar um assistente virtual, comandado por voz, para auxiliar pessoas idosas.

A ferramenta será capaz de conectar o idoso à cidade, através da interação com diversos serviços de saúde, mobilidade urbana, utilidade pública e entretenimento. “Foi na FIEMG que conhecemos tanto a oportunidade quanto a empresa britânica com a qual firmamos essa sólida e vencedora parceria”, diz o fundador da empresa, Daniel Carvalho Melo.

A ideia é reduzir a vulnerabilidade, a exclusão digital e o isolamento sofrido por grande parte da população idosa, sobretudo os mais frágeis, por meio da intensa aplicação de inovação tecnológica, amparada pela pesquisa científica.

O prazo de execução do projeto é de 24 meses e será financiado pelo fundo Brazil-UK Collaborative Research & Development Programme 2016. O Edital tem o objetivo de promover a inovação para criação de cidades inteligentes, em países parceiros do Reino Unido, que promovam o desenvolvimento sustentável, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

As empresas MedLogic e a Inavya lideraram a criação de um consórcio, composto ainda, pelo CPqD - um instituto brasileiro de pesquisa e desenvolvimento, com mais de 1,2 mil profissionais, em Campinas - a Future Cities Catapult: aceleradora britânica especializada em inovações para cidades inteligentes e ainda a Space Syntax, empresa britânica especializada em soluções para planejamento urbano que atua em dezenas de países.

O MedLogic é uma plataforma especializada na atenção à idosos, a ampliar sua autonomia e independência, ao mesmo tempo que reduz custos assistenciais. Já a britânica Inavya é composta por Phds especializados em Big Data e inteligência artificial. A empresa que criou o AVATR: uma identidade digital que reúne diversas informações pessoais e de redes sociais em um único e seguro perfil.

“A conquista expressa a ampliação da maturidade de uma das startups do ecossistema mineiro, capaz de responder com êxito a um edital como esse, que demandou estabelecer alianças complexas envolvendo o Poder Público e Privado, do Brasil e Reino Unido, em prol de um objetivo comum e amplo benefício à população idosa”, diz a analista de negócios da FIEMG Júlia Lages de Abreu.

Além da FIEMG, as empresas são apoiadas pela, Newton Fund, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Últimas notícias

  1. SENAI prorroga matrículas para cursos técnicos

    Leia

  2. Setor de cerâmica vermelha ganha mais competitividade em Minas Gerais

    Leia

  3. Empresários mineiros participam da ForMóbile

    Leia

  4. Ações da FIEMG e SEBRAE MG promovem o desenvolvimento do setor ceramista do norte do estado

    Leia

  5. FIEMG e parceiros realizam 1ª reunião de trabalho para fortalecimento do Polo de Cervejas Artesanais de Juiz de Fora

    Leia

  6. Trem caipira de férias

    Leia

  7. Indústria 4.0 foi tema de palestra na FIEMG

    Leia

  8. Empresários têm a oportunidade de participar da SIAL Paris

    Leia