Notícias

Saúde Mental: precisamos falar sobre isso

Campanha Janeiro Branco convida a todos a repensarem seus comportamentos

Janeiro é mês que tradicionalmente as pessoas procuram repensar suas histórias, planejar e traçar novas metas para o ano que se inicia. Por isso foi escolhido, por psicólogos mineiros, para mobilizar e divulgar um assunto pouco tratado: a saúde emocional.

O slogan da campanha é “quem cuida da mente, cuida da vida” e a cor escolhida para simbolizar o mês é a branca. Seu objetivo é convidar as pessoas a repensarem suas emoções, seus relacionamentos e comportamentos. Com isso, espera-se que haja uma prevenção ao adoecimento mental no país, que cresce anualmente, de maneira alarmante.

E nesse quesito nós, brasileiros, somos campeões. Segundo estudos apresentados pela OMS e Ministério da Saúde em 2017 sobre a saúde mental na América Latina, o Brasil é um dos recordistas em casos de depressão. A doença atinge 7° da população, ou seja, cerca de 400 milhões de pessoas. Somos o 4° colocado em suicídio de jovens. Em relação ao mundo, somos um país campeão em ansiedade.

Estudos da OMS de 2014, mostram que os custos diretos e indiretos de cuidados com a depressão eram estimados em US$ 800 bilhões (mais de R$ 2 trilhões) no mundo todo, e esse custo deve dobrar em 20 anos. Segundo dados da Previdência Social, os transtornos mentais e de comportamento ocupam 3º lugar nas causas de afastamento no Brasil há quatro anos consecutivos.

O SESI Saúde, por meio do programa Fatores de Riscos Psicossociais, trabalha nas indústrias mineiras com o objetivo de diminuir essas ocorrências e melhorar a qualidade de vida dos industriários. São palestras de sensibilização de assuntos como estresse, autoestima, abuso de álcool e tabaco, dentre outros. O programa disponibiliza também diversos materiais informativos, como a cartilha “Saúde Mental: manter o equilíbrio é sempre saudável”, que você pode conferir AQUI.

    DICAS SESI SAÚDE PARA CUIDAR DE SUA SAÚDE MENTAL   

boelt.png Momentos de lazer ajudam a gerenciar o estresse;
boelt.png Hábitos mais saudáveis diminuem o risco de doenças e de tensão;
boelt.png Conversar ajuda a refletir melhor sobre os desafios e descobrir saídas;
boelt.png Caso precise, procure algum profissional da saúde;
boelt.png Algumas pessoas podem precisar de medicação, que deve ser sempre prescrita pelo médico;
boelt.png Investir em atividades que lhe proporcionem prazer pode melhorar o humor, a produtividade e os relacionamentos.

CLIQUE AQUI e conheça o SESI Fatores de Riscos Psicossociais.

Campanha Janeiro Branco: http://www.janeirobranco.com.br 

Últimas notícias

  1. Boníssima Run vai movimentar o Belvedere neste domingo (19)

    Leia

  2. MDIC adota modelo de internacionalização do setor privado para impulsionar comércio exterior

    Leia

  3. Coordenadores sindicais se reúnem na FIEMG

    Leia

  4. Entidades da construção civil realizam dia de saúde, lazer e cultura para trabalhadores do setor

    Leia

  5. Centro Cultural promove projeto "Encontros Musicais"

    Leia

  6. IEL participa de Conferência para discutir a interação entre universidades e APLs no Canadá

    Leia

  7. Governador Valadares recebe o Lab Truck do SENAI

    Leia

  8. Empresa chinesa conhece potenciais de Uberaba e reúne empresários locais

    Leia