Notícia

FIEMG completa 88 anos em sintonia com a sociedade

Entidade assume papel de liderança industrial e une esforços para minimizar os impactos negativos da Covid-19

12 de fevereiro marca o aniversário de fundação da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). Neste dia, em 1933, a entidade foi criada com o objetivo de desenvolver o estado e o país por meio de uma indústria forte, geradora de riquezas, oportunidades, emprego e renda. De lá para cá, a história, escrita por milhares de empresários e trabalhadores, mostra como a instituição atuou para transformar a vida dos mineiros. Não foi diferente no último ano, quando a FIEMG trabalhou ativamente para mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. 

Nos últimos 12 meses a FIEMG exerceu seu papel de liderança industrial conectada à sociedade, unindo esforços para o desenvolvimento de dezenas de ações que minimizaram os efeitos da pandemia de Covid-19. Não foram medidos esforços para apoiar a atividade produtiva, o setor público e a sociedade brasileira. 

Articulação com os poderes públicos

A FIEMG dialogou constantemente, de forma proativa, com os governos federal e estadual, sugerindo diversas ações nas áreas trabalhista, tributária, ambiental, de acesso ao crédito e de energia, com destaque para as Medidas Provisórias 927 e 936, que preservaram, somente em Minas Gerais, mais de 300 mil empregos - com atuação direta da entidade na negociação de soluções que trouxeram alento à indústria e aos trabalhadores. 

A atividade industrial ser considerada essencial pelo Estado, permitindo a continuidade de sua atuação de forma responsável, desde o começo da pandemia, também foi uma articulação da FIEMG com o governo de Minas Gerais, além da sensibilização da prorrogação e suspensão de prazos para pagamentos de tributos. Esses pleitos do setor industrial contribuem na retomada do crescimento sustentável do país. 

Combate direto à Covid-19

A federação mineira também liderou um movimento de arrecadação de fundos para o projeto Inspirar, da empresa Tacom, que desenvolve ventiladores pulmonares, com inteligência e componentes mineiros. Cerca de 1.600 equipamentos estão sendo utilizados em dezenas de hospitais em Minas Gerais e salvando milhares de vidas, um legado que vai além da pandemia. 

Investimentos feitos pela indústria mineira, sob liderança e articulação da FIEMG, também foram destinados à construção do Hospital de Campanha no Expominas e de leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19 no Instituto Mário Penna e no Hospital Mater Dei Betim-Contagem. 

Para estimular o desenvolvimento de pesquisas que buscam uma vacina para proteger a população contra a Covid-19, a FIEMG abraça a causa e se une a empresas brasileiras que vão contribuir para o desenvolvimento da imunização que ganhou o nome de UB-612. Elaborada pela Covaxx, uma unidade da United Biomedical, empresa internacional com unidades nos EUA, China e Taiwan, a vacina terá estudos clínicos no Brasil, conduzidos pelo laboratório Diagnósticos da América (Dasa). 

Foram produzidos em larga escala, por meio do SENAI e do SESI, itens fundamentais para a proteção da população, como álcool glicerinado 70%, máscaras de tecido, Face Shield e jalecos, além da reparação de centenas de respiradores de todo o país; desinfecção de ruas e avenidas e investimentos em testes rápidos para identificação da doença. 

O SESI adquiriu milhares de testes rápidos para identificação de Covid-19 para trabalhadores da indústria e a população mineira. A entidade comercializa os testes com os menores valores de mercado. Com a testagem em massa é possível planejar as melhores estratégias e analisar a real proliferação da doença entre as pessoas. 

Nos seus 88 anos, a FIEMG vem cumprindo o seu papel perante a sociedade e espera que a indústria, cada vez mais, possa contribuir para a retomada do crescimento e da geração de oportunidades para todos. 

História

O sonho de unir a indústria mineira para promover o desenvolvimento e a defesa dos interesses de Minas Gerais e do Brasil, transformado em realidade por três empresários visionários – Américo René Giannetti, Alvimar Carneiro de Rezende e Euvaldo Lodi –, foi a pedra fundamental do nascimento da FIEMG. 

Na liderança de sete sindicatos empresariais e de 25 empresas, os três industriais definiram, em um manifesto, a missão da FIEMG: promover o desenvolvimento da indústria mineira, atuando na defesa de seus interesses e também na defesa dos interesses de Minas Gerais e do País. Mais do que nunca, a entidade atua firmemente com esse propósito. Modernizada, hoje tem em sua missão uma conexão direta com o que foi sonhado há 88 anos: “promover a indústria mineira em sintonia com os interesses da sociedade, estimulando os valores da livre iniciativa e do empreendedorismo”. 

Ao longo de sua história, a FIEMG participou ativamente de campanhas memoráveis, que resultaram na criação de empresas e órgãos que mudaram a realidade de Minas Gerais. É o caso da Mannesmann, da Usiminas, da Refinaria Gabriel Passos e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais. Na década de 70, a Federação esteve presente de forma decisiva em programas e projetos que resultaram no boom de industrialização do estado. O Protocolo de Intenções para implantação da Fiat Automóveis, assinado na sede da entidade, em 14 de março de 1973, é um caso emblemático, que transformou Minas Gerais.

Últimas notícias

  1. Curso aborda estrutura tarifária e custos pagos pelos consumidores na conta de energia

    Leia

  2. FIEMG Regional ZM promove workshop para desenvolvimento de supervisores e coordenadores de Produção

    Leia

  3. Aprimore suas habilidades na área de audiovisual

    Leia

  4. FIEMG cria ferramenta que irá auxiliar a vacinação dos trabalhadores da indústria

    Leia

  5. Projeto “Mão na massa” realiza ações personalizadas para padarias em Uberlândia

    Leia

  6. FIEMG Regional ZM recebe deputado federal Reginaldo Lopes

    Leia

  7. Segunda rodada de negócios do Compre Bem FIEMG Virtual - DIMEP Sistemas

    Leia

  8. Escola de Esportes do SESI JF recebe o atleta de futsal Leo Santana

    Leia