Notícia

Indústrias com Boas Práticas em Meio Ambiente são reconhecidas na FIEMG

Evento apresentou cases de sucesso de empresas que se destacaram na parceria com a Federação no cuidado com a preservação ambiental em Minas

Sebastião Jacinto Júnior

A Gerência de Meio Ambiente da FIEMG realizou, nesta sexta-feira (03/12), o evento híbrido de reconhecimento de Boas Práticas da Indústria Mineira em Meio Ambiente e Sustentabilidade, com o objetivo de divulgar os resultados dos projetos empenhados pela área neste ano, bem como valorizar empresas que tiveram bons resultados com o apoio técnico e jurídico da Federação em 2021.

Clique aqui para ver a galeria de fotos.

A solenidade de Boas Práticas da Indústria foi conduzida pelo coordenador de Meio Ambiente da FIEMG, João Vítor Souza. A plateia (presencial e virtual) foi composta por empresários e sindicalistas, além de representantes de quatro indústrias reconhecidas pelos cuidados com a preservação ambiental, que apresentaram os cases de sucesso das empresas deles. Veja:

- Boas Práticas em Regularização Ambiental, com o reconhecimento ao frigorífico Tornelli (Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Carne e Derivados e do Frio de Minas Gerais - SINDUSCARNE MG) e à cervejaria Prússia (Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais - SINDIBEBIDAS MG), ambos pela atuação exemplar no Programa Fiscalização Ambiental Preventiva na Indústria (FAPI) 2021, executado pela FIEMG em parceria com Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) e a Polícia Militar de Minas Gerais.

- Boas Práticas em Sustentabilidade, com o reconhecimetno à indústria de batata frita congelada (pré-frita) Bem Brasil Alimentos (Sindicato das Indústrias da Alimentação de Uberaba – SINDALIU), pelas ações exemplares no Sistema de Gestão Ambiental (SGA) 4.0, Eficiência Hídrica, e Indicadores em Power BI.

- Boas Práticas em Indústria 4.0, com o reconhecimento à empresa têxtil São Joanense (Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem - SIFT), pelas ações do Projeto ECOLEAN 4.0, utilizando a metodologia "lean manufacturing" (manufatura enxuta), que resulta na melhoria contínua, associada à eficiência do sistema de gestão ambiental da empresa.

O case da Economia Circular da FIEMG também foi apresentado à plateia. Trata-se de uma iniciativa de economia restaurativa e regenerativa, que tem por objetivo manter produtos, componentes e materiais no mais alto nível de utilidade e valor. Assim, investimentos tornam o resíduo como recurso e investem no uso de renováveis, possibilitando resultados econômicos, sociais e ambientais.

O assunto recebe grande investimento da FIEMG. "No ano passado, a Federação lançou a Rede de Economia Circular da Indústria de Minas Gerais, que visa estabelecer uma Rede de Indústrias dedicadas à Economia Circular em cada regional do Sistema FIEMG, promovendo ações de prevenção da poluição e ao uso sustentável dos recursos naturais", afirmou o Analista Ambiental, Guilherme Zanforlin.

Presente no evento, o gerente de Meio Ambiente da FIEMG, Wagner Soares Costa, lembrou a importância do cuidado com a preservação ambiental nas indústrias. “O pensamento das empresas tem que estar voltado para o longo prazo, sobre como ela irá se portar no processo produtivo para atender à exigência da sociedade por sustentabilidade”, disse.

Segundo ele, a gestão ambiental em uma empresa não pode ser vista como um problema. “E, sim, parte da solução. Nosso intuito é que, a questão ambiental, ao ser trabalhada, ela faça parte da estratégia da empresa. Queremos que ela esteja incluída no DNA da empresa”, afirmou Wagner Soares Costa. Houve também, a apresentação dos Projetos da Gerência de Meio Ambiente da FIEMG que serão os carros-chefes para o próximo ano, além do lançamento da nova modalidade de cursos com a temática ambiental no formato online, a FIEMG AMBIENTAL EAD, apresentados pela Analista de Meio Ambiente, Kamila Vilela.

Clique aqui e saiba mais sobre o Curso de Meio Ambiente da FIEMG AMBIENTAL EAD.

Com base nas principais tendências da temática hídrica, o Programa de Regulação e Gestão para Indústria que prevê uma série de ações para as empresas, foi apresentado pelo Analista Ambiental Rone Frank. Com objetivo de orientar e capacitar sobre a regularização de outorga de direito de uso de recursos hídricos, cobrança pelo uso de água e outras obrigações ambientais, que a FIEMG em pareceria com o IGAM, COPASA e Sindicatos Patronais ofertaram capacitações e workshops de instrução ao setor produtivo em 2021. Além disso, a FIEMG por meio da GMA oferece soluções com foco na eficiência hídrica para indústria.

Por fim, houve a apresentação do Programa FIEMG Mudança do Clima apresentado pelo Analista Ambiental, Adriel Palhares. Segundo Palhares, "será realizado o mapeamento em 200 grandes indústrias através de um serviço técnico especializado para contabilização das emissões de gases de efeito estufa com foco na gestão do carbono e identificação de oportunidades para transição para economia de baixo carbono”.

Valorize seu desempenho ambiental e participe dos Programas da FIEMG em 2022.

Últimas notícias

  1. FIEMG e sindicatos apoiam trabalhadores e empresas de Sabará afetados por chuvas

    Leia

  2. TJMG recebe visita do presidente da FIEMG

    Leia

  3. Treinamento orienta sobre eSocial na FIEMG Regional Zona da Mata

    Leia

  4. Atividade industrial desacelera em dezembro, aponta pesquisa

    Leia

  5. Empresas da Grande BH reúnem-se com CEMIG para discutir atendimento no período chuvoso

    Leia

  6. FEMUR 2022 é aberta em Ubá e marca a retomada econômica do setor moveleiro

    Leia

  7. FIEMG abre busca da Vale de fornecedores para obras na Bacia do Paraopeba

    Leia

  8. Startups: ideias que transformam a sua vida

    Leia