Notícias

Presidente da FIEMG visita obras do maior complexo de inovação em Itajubá

Dirigente também foi recebido nas fábricas da Balteau, Helibrás e GE

O presidente do Sistema FIEMG, Olavo Machado Junior, visitou as obras do Instituto SENAI de Inovação – Centro Empresarial de Desenvolvimento de Inovação da Indústria Elétrica e Eletrônica (ISI-CEDIIEE), em Itajubá, no Sul de Minas, nesta quinta-feira (10/05).

O ISI-CEDIIEE teve o contrato da sua construção assinado no último dia 7/5, pelo SENAI e pelo Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge). O investimento da Codemge na ação será de até R$ 32 milhões. O total do investimento no empreendimento é de R$ 425 milhões.

Segundo Machado, o empreendimento vai elevar a competitividade do estado no mercado internacional. “O setor elétrico brasileiro é carente de um laboratório com esse porte e complexidade que estamos trazendo para Itajubá. A indústria nacional, não só a elétrica, a mecânica e a de eletrônica precisa de um laboratório como esse. Aqui também será construído um campus avançado para interação de universidades voltado para o desenvolvimento de novas tecnologias”, diz.

Para o prefeito de Itajubá, Imar Martinez, a cidade foi escolhida justamente por suas características e sua indústria local, que tem uma vertente muito grande para o setor elétrico. “Teremos uma nova Itajubá. Não tenho dúvidas de que o caminho para o desenvolvimento é a inovação e nossa cidade tem essa vocação. Temos cursos superiores de referência e uma localização geográfica muito privilegiada.”, diz.

Será construído um complexo laboratorial capaz de atender à demanda da indústria elétrica e eletrônica por testes de alta tensão, alta potência elevação de temperatura e ensaios mecânicos, entre outros, todos essenciais à competitividade da indústria, a ser efetivada por meio da oferta de pesquisa aplicada e desenvolvimento tecnológico de alta qualidade. "Minas vai se posicionar como um centro de tecnologia e inovação, se comparado com os principais países do mundo", diz o presidente da Regional Sul, André Luiz Gesualdi.

As obras foram iniciadas e têm previsão de término em 2020, quando estará entre os dez maiores do mundo. O complexo ocupará uma área total de 210 mil metros quadrados e 60 mil metros de área útil, e será pioneiro na América Latina na pesquisa e desenvolvimento de novos equipamentos, utilizando para isso, principalmente o laboratório de Alta Potência.

Neste laboratório será instalado um Gerador de Curto Circuito próprio, tornando-o independente da concessionária, dando flexibilidade de utilização. A estrutura contará, inicialmente, com quatro laboratórios para atender à demanda da indústria nas áreas de Alta Tensão, Alta Potência, Elevação de Temperatura e Ensaios Mecânicos. As instalações permitirão à indústria brasileira desenvolver novos equipamentos e sistemas, comparáveis com outras tecnologias de ponta no mundo.

 

Grandes empresas do setor - O presidente da FIEMG também visitou  a fábrica da Balteau, de transformadores de energia elétrica, que atende concessionárias dentro e fora do país; a Helicópteros do Brasil (Helibrás),  e a GE, responsável pela produção de uma grande variedade de equipamentos de alta tensão para o mercado de transmissão de energia.

Entre os que faziam parte da comitiva estavam o prefeito de Itajubá, Imar Martinez Riera, o secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Indústria e Comércio, Fernando Bissacot, o presidente da FIEMG Regional Sul, André Gesualdi e o presidente do Sindicato das Indústrias de Itajubá (SIMMMEI), Henrique de Paula.

 

 

Galeria

Últimas notícias

  1. Empresários têm mais facilidade para investir em inovação

    Leia

  2. Presidente da FIEMG comenta sucessão presidencial em matéria da Folha de São Paulo

    Leia

  3. Terceira etapa da Seletiva WorldSkills termina amanhã

    Leia

  4. Padarias mineiras investem em capacitação para sucessão empresarial

    Leia

  5. Presidente da FIEMG participa de reunião de coordenadores sindicais

    Leia

  6. Astec do Brasil busca fornecedores no “Compre Bem”

    Leia

  7. Palestra na FIEMG abordou o Tratamento Tributário Setorial

    Leia

  8. Centro Cultural Sesiminas abre inscrições para todas modalidades da escola de cultura

    Leia