Notícia

Seus resíduos podem ser um bom negócio

Em evento on-line, FIEMG apresenta plataforma de gestão e marketplace de resíduos

Fotos: Sebastião Jacinto Júnior

Os participantes do Encontro de Negócios, realizado no dia 22/06, de forma remota, tiveram a oportunidade de conhecer a Rede de Negócios Sustentáveis,  uma plataforma on-line para gerenciamento de resíduos. A ferramenta é voltada para a gestão e marketplace de resíduos. Desta maneira, de forma intuitiva, cria redes de negócios sustentáveis, ampliando os benefícios econômicos, de governança e de sustentabilidade das empresas. 

A Rede de Negócios Sustentáveis foi apresentada por seu CEO, Fernando Andrade, que falou sobre a importância de se ter uma visão estratégica dos resíduos gerados nos processos produtivos. Segundo ele, entre os anos de 2010 e 2019, a geração de resíduos no Brasil passou de 67 milhões para 79 milhões de toneladas ano. “Em 2020, este volume passou para 85 milhões e poderá aumentar 50% até 2050”, afirmou, pontuando, que o setor de resíduos, em 2019, foi responsável pela emissão de cerca de 96 milhões de toneladas de CO2 e que representa 4,4% de todas as emissões de gases de efeito estufa em todo o território nacional. “É muito preocupante a maneira como estamos consumindo, a forma como as indústrias criam produtos sem pensar na circularidade e como isso impacta diretamente nas formas de coletas e tratamentos desses materiais”.

Quanto ao aspecto econômico associado à gestão de resíduos sólidos urbanos, o CEO destacou que este mercado movimentou, em 2019, R$ 28 bilhões. “A projeção é que cresça em 50% nos próximos anos, pois estão chegando novas tecnologias e processos que vão caminhar com as soluções dos aterros sanitários”, afirmou. 

No setor industrial, em 2019, foram gerados 280 milhões de toneladas de resíduos, o que teria o potencial de R$ 44 bilhões por ano “que não estão sendo movimentados em decorrência da visão de algumas indústrias, que ainda percebem os resíduos como o fim de um processo, associando-os a riscos e não oportunidades”. 

Segundo ele, perante esse cenário, é necessário ressignificar os processos e entender a geração desse resíduo e capturar valores, que vão desde o seu descarte à sua transformação em insumos ou novos produtos. O CEO ainda esclareceu que a Rede de Negócios Sustentáveis cobre todo o ecossistema da geração de resíduos, como a sua avaliação, negociação, mapeamento de mercado, qualificação de operadores, gestão de estoque, rastreabilidade e compliance ambiental. 

O Encontro de Negócios foi uma iniciativa da FIEMG, por meio de sua gerência de Atração de Negócios e Investimentos. “Nosso objetivo é apresentar soluções inovadoras e tecnológicas para a indústria mineira”, afirmou Junia Cerceau, gerente da área, durante a realização do evento.
Denise Lucas
Imprensa FIEMG

Últimas notícias

  1. FIEMG é homenageada na celebração dos 150 anos da pioneira Cedro Têxtil

    Leia

  2. Uma discussão sobre os conceitos V.U.C.A e B.A.N.I

    Leia

  3. SESI-MG se destaca no Robotics International Open Brazil

    Leia

  4. Câmara de Metalurgia, Siderurgia e Mineração se reúne no CIT SENAI

    Leia

  5. Confiança do Empresário Industrial atinge patamar mais alto em um ano

    Leia

  6. Setor de mineração investe em energia renovável para atingir a meta de carbono zero

    Leia

  7. Vem aí a 3ª edição da Mostra de Móveis de Ubá

    Leia

  8. FIEMG debate "Política de Concessão de Benefícios Fiscais - Tratamentos Tributários Setoriais"

    Leia