Palavra do Presidente

04/04/2019

Em dias de sol

Flávio Roscoe Nogueira

Criativa, inovadora e tecnológica – sobretudo, inclusiva e transformadora. É assim a indústria da moda que vamos mostrar à sociedade mineira na 24ª edição do Minas Trend, no Expominas, de 9 a 12 de abril. No período, 187 marcas, em 253 estandes, vão expor a qualidade dos produtos que fabricam nos segmentos de vestuário, joias e bijuterias, calçados e bolsas e no setor têxtil. Embalado pelo otimismo das empresas expositoras, em linha com o ambiente de confiança que marca o início do novo governo, as perspectivas são as melhores e, com certeza, mais uma vez, o Minas Trend baterá recordes.

Na verdade, ao longo de sua existência de 12 anos e 24 edições, o Minas Trend contribuiu de forma expressiva para o fortalecimento da cadeia produtiva da indústria da moda mineira, que se uniu solidariamente em torno da FIEMG para construir o maior e mais prestigiado evento do setor focado no que é mais relevante para as empresas: geração de negócios, com criação de mercados no país e em importantes centros internacionais de consumo de produtos de qualidade. Nas 23 edições realizadas, contabilizam-se números espetaculares, com recordes sendo batidos em quesitos como número de estandes, visitantes, jornalistas e compradores de todos os continentes.

São, com certeza, números que reafirmam a importância estratégica da cadeia produtiva da indústria da moda para Minas Gerais. O setor é o segundo maior empregador do estado, com 9 mil empresas (13,4% de todas as empresas existentes no estado) e 127 mil empregos diretos, que correspondem a 12,2% de todos os empregos gerados pelo setor industrial. Além de sua notável importância econômica, a indústria da moda é fundamental também no campo social, como geradora intensiva de empregos em todas as regiões do estado, em razão da capilaridade de suas 9 mil empresas. Não existe, com certeza, um único município mineiro, entre os 853, onde não haja empresários produzindo moda, gerando emprego e distribuindo renda.

Sem nos afastarmos do nosso foco principal de criar mercado e gerar negócios para a indústria mineira da moda, nas duas últimas edições do Minas Trend, nossa preocupação foi priorizar ampla reflexão sobre a sustentabilidade econômico-financeira do evento e, a um só tempo, abri-lo à ampla participação da sociedade. Esse esforço faz parte, aliás, de uma grande mobilização em todo o Sistema FIEMG. Nossa missão é promover a indústria em sintonia com os interesses da sociedade – sempre visando à redução de despesas e ao aumento de receitas.

O Minas Trend é, certamente, um exemplo de que os resultados já alcançados indicam que estamos no rumo certo. Conseguimos adequar o orçamento do evento à realidade da economia brasileira e do Sistema FIEMG neste momento. Da edição de abril de 2018 para esta que acontece neste mês, a redução dos custos é superior a 30%.

Com as inovações introduzidas na programação, a sociedade terá amplo acesso aos eventos culturais, gastronômicos e de conteúdo programados para os quatro dias do evento. As atrações são muitas e variadas. A Orquestra de Câmara SESIMINAS convida Zélia Duncan e Jaques Morelenbaum. A Feirinha Aproxima, na gastronomia, estará dentro do Expominas nos dias do evento. E palestras com especialistas em moda e comportamento, reconhecidos nacionalmente, serão apresentadas.

Também trouxemos novos parceiros para o Minas Trend e que são da maior relevância. Refiro-me em especial às indústrias do setor têxtil que nos apoiam com entusiasmo e que passam a participar do salão de negócios, apresentando a força de um segmento histórico e fundamental para o estado.

A indústria têxtil mineira fabrica tecidos de qualidade, dos quais os grandes mercados do Brasil e do mundo não abrem mão. Mais que centenário, o setor está nas origens da moderna e diversificada indústria que temos hoje em nosso estado. A indústria têxtil merece o nosso reconhecimento e é muito bom tê-la no Minas Trend.

Sentimo-nos verdadeiramente gratificados, pois a oportunidade de abrir os portões do Minas Trend à população nos permite reafirmar a crença de que indústria e sociedade caminham juntas e comungam das mesmas aspirações, das mesmas demandas e das mesmas expectativas. Sonhamos os mesmos sonhos: recolocar o nosso país e o nosso estado nos trilhos do crescimento econômico e fazer dele instrumento de bem-estar e qualidade de vida.

Como propõe o tema criado pelo estilista Ronaldo Fraga, diretor-criativo do Minas Trend, celebramos dias de sol para a cadeia produtiva da indústria da moda. E buscamos dias de sol também para o nosso país e para Minas Gerais. Sem nuvens no horizonte.

"Sonhamos os mesmos sonhos: recolocar o nosso país e o nosso estado nos trilhos do crescimento econômico e fazer dele instrumento de bem-estar e qualidade de vida."

Palavra do Presidente

Flávio Roscoe Nogueira
Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – Sistema FIEMG

Publicado no jornal Estado de Minas do dia 04/4/2019

Edições Anteriores

  1. Construindo um país!

    Leia

  2. Mais custos, menos empregos

    Leia

  3. Reforma, estados e municípios

    Leia

  4. Gestão Pró-Indústria

    Leia

  5. Previdência: reforma ou falência?

    Leia

  6. Pacto por Minas

    Leia

  7. Nova mineração

    Leia

  8. Em dias de sol

    Leia


Confira artigos anteriores