EMPREGADOR

 

BannerEquipe.jpg
Criar e manter ambientes de trabalho seguros e saudáveis é fundamental para reforçar a qualidade de vida dos seus empregados, contribuir para o melhor desempenho do trabalhador e, consequentemente, para a produtividade da sua indústria. Investir em saúde e segurança é bom para todos os lados. Veja como fazer isso:

Como falar de Segurança e Saúde no Trabalho com a sua equipe

No Brasil, a legislação prevê que os empregadores informem os trabalhadores sobre os riscos que podem existir nos locais de trabalho e sobre as formas de prevenir ou limitar esses perigos. Por isso, ao divulgar informações sobre segurança e saúde no trabalho, é preciso traduzir a mensagem de acordo com a capacidade de compreensão do público a que ela se dirige.

Responsabilidade social e segurança e saúde no trabalho

A segurança e a saúde no trabalho são um aspecto essencial da responsabilidade social, já que ser socialmente responsável implica ir além do cumprimento das obrigações legais por meio do investimento em capital humano, no ambiente e nas relações com todos os públicos do negócio. As ações socialmente responsáveis em segurança e saúde no trabalho trazem mais projeção à empresa e se mostram um instrumento eficaz na redução de custos operacionais.

Segurança e a saúde no trabalho nas pequenas e microempresas

As micro, pequenas e médias empresas representam 97% do total de empresas de Minas Gerais e concentram 34,6% dos empregos na indústria. No que se refere à saúde e à segurança no trabalho, a situação dessas empresas é muito mais frágil do que nas empresas de grandes dimensões, pois quanto menor é o negócio, maiores são as dificuldades em sistematizar as práticas de segurança e de saúde no trabalho.

Vantagens de uma boa gestão da segurança e saúde no trabalho

A segurança e a saúde no trabalho são mais do que uma obrigação legal e social das empresas. Iniciativas nesse âmbito contribuem para demonstrar que uma empresa é socialmente responsável, reforçam a imagem de marca, aumentam a produtividade dos trabalhadores, reduzem os custos para a empresa e as perdas de produção e incentivam a equipe a permanecer em atividade durante mais tempo.

Como a economia pode se beneficiar das boas práticas em segurança e saúde no trabalho?

A melhora da segurança e da saúde no trabalho leva à redução de custos com lesões e doenças, além de aumentar a competitividade e a eficiência em nível nacional. Boas práticas em segurança e saúde no trabalho podem reduzir o número de aposentadorias precoces devido a doenças ocupacionais, diminuir custos de saúde decorrentes de lesões e doenças, e aumentar a utilização de métodos e tecnologias de trabalho mais eficazes.

Com quais riscos você deverá se preocupar em breve?

O mundo do trabalho está passando por transformações que impõem novos desafios em matéria de segurança e saúde dos trabalhadores. Essas transformações levam ao surgimento de riscos psicossociais relacionados à forma como o trabalho é concebido, organizado e gerido. Com isso, a tendência é que os níveis de estresse cresçam cada vez mais, podendo chegar a afetar a saúde mental e física dos trabalhadores.

Para saber mais e obter suporte em relação a esses temas, procure a unidade do SESI mais próxima de você.