Notícias

Empresário Jeovane Silveira é o Mérito Industrial 2020 da FIEMG

Comunicação oficial foi feita por diretores da Regional Alto Paranaíba e Sindivest

O industrial Jeovane Silveira, da Palma Boots será agraciado com a Medalha de Mérito Industrial 2020, outorgada pela FIEMG – Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais. A comunicação oficial do agraciamento foi feita, na manhã, deste dia 17, na sede da indústria em Patos de Minas, pelo presidente da FIEMG Regional Alto Paranaíba e do Sindimetal, Lisandro Bicalho; pela diretora Regional da FIEMG, Teresinha Gonçalves Martins e pelo presidente do Sindivest, Geraldo Fernandes.

O presidente Lisandro enfatizou que receber a Medalha é o reconhecimento ao trabalho como empreendedor e industrial. Ela é outorgada pela FIEMG a empresários que se destacaram em suas atividades e tiveram relevante participação na vida comunitária. “Contar com empreendedores como o Jeovane valoriza ainda mais a indústria mineira, por ser uma empresa que atua no mercado desde 1962, tendo sido fundada pelo pai, e continua com histórico de expansão até os dias atuais”, acrescentou.

O presidente do Sindivest ressaltou que o verdadeiro empreendedor enfrenta todas as adversidades e consegue manter a empresa em um patamar de crescimento, com uma produção de qualidade e conquistando consumidores pelo país.

Ao receber o comunicação, Jeovane manifestou a satisfação de ter sido indicado e ter o nome aprovado pela FIEMG. Enfatizou que esta homenagem é fruto de um trabalho familiar. Compartilhou, ainda, o sucesso da empresa com todos os trabalhadores que integram a sua equipe.

Devido o atual cenário do Covid, a FIEMG optou por fazer uma solenidade virtual de destaque aos Agraciados com a Medalha, no dia 19/06. A entrega presencial da Comenda será definida posteriormente.

A trajetória do Industrial

O industrial é natural de Vazante. A trajetória dele no setor de calçados iniciou-se em 1972, como funcionário na empresa do seu pai. Em 1986, assumi o comando da empresa  e funda a Indústria e Comércio de Calçados Palma, em sociedade com o pai. A empresa consolidou-se no mercado de calçados no país. Gera 95 empregos diretos e produz de 900 a 1000 pares de calçados, por dia. O catálogo de produtos possui 118 modelos de botinas e botas masculinas, femininas e infantis.

Em sua trajetória de empreendedor, fundou ainda a Flexfort Indústria e Comércio de Calçados Ltda com a fabricação de calçados de segurança, com CA – Certificado de Autorização.

Atua nos mercados de Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Maranhão, Paraná e Mato Grosso. Os seus produtos conquistaram também o mercado internacional, exportando calçados para a Bolívia.

Em 2014, entrou para o ramo de construção civil, com a fundação da Incorporadora e Construtora Palma e já executou projetos em Patos de Minas, pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Faz parte da diretoria do Sindivest desde 2003 e, atualmente, ocupa o cargo de vice-presidente da instituição, reafirmando a sua dedicação às causas em defesa do associativismo.

A indicação do nome dele foi feita pelo presidente da FIEMG Regional Alto Paranaíba e do Sindimetal (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico), Lisandro Bicalho; pela diretora Regional Teresinha Gonçalves Martins; e pelos presidentes do Sindivest (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário) Geraldo Fernandes e do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), José Carlos Borges dos Reis.