Notícias

FIEMG doa mais respiradores para montagem de novos leitos de UTI

Paracatu na área de abrangência da FIEMG Regional Alto Paranaíba será contemplado.

A FIEMG, em parceria com indústrias de Minas Gerais, doou, dia 22/03, mais 100 ventiladores mecânicos para o governo do Estado. A iniciativa permitirá a montagem de 100 novos leitos de UTI para atendimento a pacientes da Covid-19. Foram contemplados os municípios de todas as regiões de Minas. Na área de abrangência da FIEMG - Regional Alto Paranaíba, está o de Paracatu. O critério utilizado para a distribuição dos equipamentos foi definido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), que identificou locais com capacidade de abertura imediata de leitos de UTI.

“A mobilização da indústria está ajudando a ampliar a capacidade de atendimento nas UTI’s em todo estado. Além disso, doamos 180 leitos para hospitais filantrópicos que já estão em pleno funcionamento. No total, são mais de 300 municípios contemplados com as doações de leitos ou respiradores, ajudando a salvar a vida de milhares de mineiros”, pontuou o presidente da FIEMG, Flávio Roscoe.

O líder industrial mineiro destacou também que, graças à sensibilidade do governo de Minas, a indústria continuou atuante, trabalhando de maneira contínua e segura. “Não faltaram produtos essenciais na casa dos mineiros e a boa notícia é que todos estão trabalhando, graças aos protocolos que garantem a segurança e eficiência do setor produtivo. O setor industrial tem honra e orgulho de contribuir com o estado neste momento difícil”, destacou Roscoe.

E o trabalho de mobilização da Federação mineira para ajudar o governo estadual a enfrentar a pandemia da Covid-19 foi reforçado pelo governador Romeu Zema. De acordo com o chefe do Executivo mineiro, a parceria da FIEMG foi fundamental para que o estado pudesse dobrar a sua capacidade de atendimento em leitos de UTI, passando de 2.072 leitos, para os atuais 4.364.

“Logo que a pandemia começou, a FIEMG se disponibilizou a contribuir. Conseguimos 1.600 respiradores que já salvaram muitas vidas e, agora, com mais 100 unidades desse aparelho, vamos atender um número substancial de pessoas. O governo do estado vai continuar fazendo tudo o que for necessário para salvar vidas, essa é a grande prioridade. O momento é triste, mas nos ensina que a solidariedade e as parcerias são muito importantes”, sinalizou Zema. 

Desde o início da crise sanitária causada pela pandemia, a FIEMG vem atuando com o intuito de mitigar os danos causados pela Covid-19.  Em 2020, a Federação mobilizou a indústria e possibilitou a doação de 1.600 ventiladores pulmonares, por meio do projeto Inspirar. Uma série de outras medidas foi possível graças a esse mutirão empresarial, como a construção de centenas de leitos exclusivos para tratamento de pacientes com Covid-19 a fabricação e distribuição de milhares de litros de álcool glicerinado 70%, máscaras e jalecos. 

Recentemente, o setor produtivo mineiro, por meio da FIEMG, abraçou a campanha Unidos pela Vacina, iniciada por Luiza Trajano, presidenta do Conselho de Administração do Magazine Luiza. Por meio do Conselho Estratégico da Federação mineira, que reúne os maiores industriais do estado, a FIEMG também irá doar, para 200 municípios, itens essenciais para que a vacinação da população ocorra de maneira mais eficaz e rápida, como seringas descartáveis, luvas, jalecos, câmaras frias e freezers.