Notícias

FIEMG Competitiva e Sindimetal encerram programa com resultados positivos

Seis indústrias implantaram o sistema de Produção Enxuta

Os empreendedores sabem que a gestão é o maior desafio e a responsável pelo sucesso nos negócios. Com o propósito de orientar industriais para a implantação do método Lean Manufacturing (Produção Enxuta) de melhoria contínua, o Programa FIEMG Competitiva, em parceria com o Sindimetal (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico) de Patos de Minas, realizou palestras e consultorias exclusivas. O resultado superou as expectativas dos participantes e consultores. 

Lean tem foco na gestão e melhoria dos processos na indústria, com atuação, especialmente, na prevenção de desperdícios de tempo, mão-de-obra e de insumos na produção de produtos e serviços, identificando as atividades que não agregam valor para a indústria.  

Os participantes foram unânimes em apontar os resultados positivos alcançados com a mudança comportamental nas indústrias; participação efetiva dos colaboradores no processo de implantação, implementação e monitoramento das atividades produtivas; aumento de produtividade e otimização dos processos internos. Participaram as indústrias associadas ao Sindimetal: Trucks Hélio, Empa Estruturas Metálicas, Açomont, Dicave, Copa Contenções Patense e Reformas Vieira. 

O consultor Albert Gil observa que o trabalho aliou palestras a consultorias junto às indústrias participantes, considerando as particularidades de cada uma. “Em todas elas, pudemos constatar que será mesmo um processo de melhoria contínua. Encerramos o cronograma de apresentação e aplicação de toda a metodologia, mas percebemos que tudo ficou bem assimilado pelos gestores e funcionários”, destaca. 

O presidente do Sindimetal, Lisandro Bicalho, ressalta que o trabalho desenvolvido pelo FIEMG Competitiva é referência em Minas Gerais. A ideia é que todas as empresas associadas percebam os resultados que conseguem alcançar porque o Programa é comprometido com o conhecimento, com a aplicação desse conhecimento de forma efetiva e, principalmente, que as indústrias promovam uma mudança de cultura interna. “É uma realização do Sindimetal, da FIEMG e do IEL com o objetivo de apresentar ferramentas de gestão para a melhoria dos negócios. Esta união de instituições é a demonstração da importância do associativismo, que permite esse atendimento, de forma subsidiada para as indústrias”, reforça.  

O analista de Projetos do IEL/FIEMG Competitiva, Pedro Casasanta, salientou que o importante é perceber que os participantes aplicaram os conhecimentos transmitidos. “Ver todos eles motivados e comemorando os resultados é fantástico. Apesar do período de pandemia, o FIEMG Competitiva não parou. Estamos compartilhando esses conhecimentos e contribuindo para a sustentação dos negócios, mesmo que de forma virtual. O trabalho do FIEMG Competitiva é subsidiado e torna-se bem acessível para o industrial, especialmente, o que é associado a um dos sindicatos filiados à FIEMG”, enfatizou. 

Testemunhos 

“Notamos um resultado significativo com a adoção de medidas simples, sem muitos investimentos. Fizemos adaptações em processos, criamos equipamentos a partir de material reciclável e, com isso, pudemos proporcionar maior agilidade nos processos de fabricação dos nossos produtos e com maior conforto para os trabalhadores. Um exemplo foi uma cadeira que criamos para as soldas, oferecendo melhor ergonomia para o funcionário” – Empresário Márcio Júnior (Trucks Hélio) 

“Tivemos aumento produtividade, otimização de espaços; organização de processos e muito ainda está por vir. Entretanto, o efeito mais positivo é entender que estamos em processo de melhoria contínua.” - Empresária Soraya Martins (Empa Estruturas Metálicas) 

“Fui persistente no cumprimento das etapas do Programa e, neste período, contei com as orientações e o auxílio do consultor. Hoje vejo resultado em organização do ambiente, aumento de produtividade e atendimento ao cliente. Vamos continuar implementando a metodologia, para melhorar ainda mais.” – Empresária Conceição Miranda (Reformas Vieira) 

“O mais importante no projeto foi a mudança da cultura na empresa. A gestão do negócio é fundamental e o projeto possibilitou um olhar mais crítico para a empresa. Sem o conhecimento transmitido durante o programa, não conseguiríamos fazer as adaptações necessárias. Vamos continuar na busca por melhorias.” – Empresários Tatiane e Tiago Vieira (Dicave) 

“Foram mudanças significativas. Houve redução de desperdícios, aumento na produtividade e otimização dos processos. Faremos, ainda, uma mudança no layout da indústria, para facilitar o acesso dos trabalhadores às peças para a produção. Essas mudanças tiveram um impacto no início e já fazem parte da cultura da empresa.” – Gerente de RH, William Mundim (Açomont) 

 

Galeria