Notícias

FIEMG, SESI e SENAI visitam Cemil e Nidera

Apresentar soluções e conhecer processo produtivo foram os objetivos das visitas

Uma equipe da FIEMG Regional Alto Paranaíba, do SESI e do SENAI visitou, na semana passada, a Cemil e Nidera Seeds. O objetivo foi conhecer o processo produtivo e identificar oportunidades para fortalecer as indústrias. “Estamos em uma região em que há o predomínio de agroindústrias e, sendo este um importante segmento, buscamos focar nossa atuação no fortalecimento e na valorização das agroindústrias, com o desenvolvimento de projetos e ações específicos”, informou o presidente da FIEMG Regional, Lisandro Bicalho.

Além do presidente da FIEMG Regional, a comitiva contou com as presenças da nova gerente da Unidade Integrada de SESI/SENAI de Patos de Minas, Diele Gomes; do supervisor técnico do SENAI, Lucas Santos Silva; do instrutor do SENAI, Francisco de Assis Almeida Júnior; do engenheiro de Segurança do Trabalho do SESI, Filipe Sanches de Oliveira e da analista de Comunicação da FIEMG, Mariângela Nogueira (Comunicação).

Durante a visita, o presidente Lisandro Bicalho apresentou a gama de serviços com foco em resultados efetivos como: assessorias e atendimento em Saúde e Segurança no Trabalho; em adequação às Normas Regulamentadoras; eficiência energética; melhorias de processos produtivos; capacitações e qualificações profissionais; assessorias de crédito, ambiental e jurídica (trabalhista e tributária) e também, os laboratórios do CIT (Centro de Inovação e Tecnologia) e as soluções para projetos de inovação. 

Na Cemil, foram recebidos pelo diretor vice-presidente Ricardo Machado Braga; pelo diretor comercial, Warlei Tana e pelo gerente industrial, João Paulo Barbosa. A indústria comemora 30 anos de atuação e com a geração de 700 empregos diretos. Eles destacaram as certificações em qualidade conquistadas especialmente na produção dos alimentos; em responsabilidade social; em respeito ao meio ambiente; em processos administrativos e valorização dos trabalhadores. “Com a visita, percebemos o quanto a Cemil está bem estruturada em toda a sua gestão”, comentou Lisandro.

Na Nidera, adquirida pela Syngenta, o gerente da Unidade em Patos de Minas, Diogo Casali apresentou as novas perspectivas da agroindústria em beneficiamento de sementes. “Estamos em processo de transição, com medidas que, ainda, estão sendo incorporadas pela equipe. O grupo Syngenta, de origem suíça, possui normas bem definidas, estando entre os líderes de desenvolvimento em tecnologias no mundo”, observou, enfatizando que novas ações serão estabelecidas na adequação a esta nova forma de gestão.

Galeria