Notícias

23ª Fenova movimenta economia de Nova Serrana

A expectativa é que 3 mil visitantes passem pelo local nos três dias do evento

Começou ontem (26), a Feira de Calçados de Nova Serrana (Fenova), considerada uma das maiores feiras do segmento no Brasil e a maior de Minas Gerais. A abertura solene contou com a participação do Senador Carlos Viana, do Presidente da FIEMG Regional Centro-Oeste, Paulo César Costa, deputados, autoridades estaduais e federais, além de empresários do Polo Calçadista e lojistas de todo país.

Em sua 23ª edição, a Fenova tem como objetivo apresentar os lançamentos, tendências e as coleções outono/inverno 2019 para lojistas, representantes comerciais e importadores de calçados e gerar novos negócios. A expectativa é que 3 mil visitantes passem pelo local nos três dias do evento.

Durante a solenidade, o Presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Calçados de Nova Serrana (SINDINOVA), Ronaldo Andrade Lacerda afirmou que a união entre entidades de classe, Poder Público e empresários calçadistas fortalece o Polo de Nova Serrana e garante um mercado promissor, mesmo em tempos de instabilidade econômica. “Aqui o desenvolvimento se mantém próspero apesar dos mais diversos cenários políticos e econômicos. O Sindinova, em conjunto com as entidades e empresários é grande influenciador dessa conjuntura que não mede esforços para o crescimento do Polo”, enfatizou.

O Presidente da FIEMG Regional Centro-Oeste, Paulo César Costa, na ocasião, representando o Presidente do Sistema FIEMG, Flávio Roscoe lembrou o momento de grandes desafios que atravessa o país e principalmente Minas Gerais e destacou a relevância do Polo de Nova Serrana na construção de um novo cenário econômico para o estado. “O mapa da indústria de Minas e da economia terá que ser refeito e Nova Serrana nos mostra que isso é possível. 70% das indústrias daqui são de pequeno porte e produzem 110 milhões de pares de sapatos por ano. A cada 2 anos Nova Serrana calça o Brasil inteiro. É possível construir novo mapa de desenvolvimento econômico através da indústria e esse Polo Calçadista tem mostrado isso ao Brasil há anos”, enfatizou.

Em seu pronunciamento, o Senador Calor Viana defendeu a atuação do Sistema S e reforçou a importância do ensino técnico e qualificação profissional para o desenvolvimento do setor produtivo. “O Sistema S tem uma das melhores escolas profissionalizantes do país, formando a profissão que cada região precisa”, afirmou.

 

WhatsApp-Image-2019-03-27-at-11-29-48-AM-3-.jpeg

Gracielle Castro

Analista de Comunicação

FIEMG Regional Centro-Oeste