Notícias

Após devolução dos capacetes elmo pela Prefeitura, FIEMG refirma continuidade da campanha e apoio no combate à pandemia

Com apoio do setor empresarial e da comunidade em geral, foram entregues quase 200 capacetes para a região

Após ser surpreendida com a devolução, por parte da Prefeitura de Divinópolis, dos 30 capacetes elmo doados à Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto para auxiliar no tratamento contra a Covid-19, a FIEMG Regional Centro-Oeste, através do seu Presidente, Eduardo Soares, reafirmou, na manhã de hoje (14), em coletiva com a imprensa, que a campanha para aquisição dos aparelhos continua.

Como justificativa para a devolução dos 30 capacetes elmo, a Prefeitura de Divinópolis alegou aumento de consumo de O2, após receber Nota Técnica emitida pela White Martins, fornecedora de gases da UPA. O Presidente da FIEMG Regional afirma que acata a decisão da Administração Pública, mas revela que antes de efetuada a entrega dos aparelhos, todos os detalhes técnicos foram analisados pela Secretaria de Saúde, através do secretário da pasta, Alan Rodrigues e que os capacetes foram entregues à Unidade de Pronto Atendimento de Divinópolis somente após confirmada as condições de uso.

Dos 30 capacetes devolvidos, 22 foram remanejados para Santo Antônio do Monte, que já havia feito a aquisição e estava aguardando a chegada dos aparelhos. De acordo com Eduardo Soares, os capacetes devolvidos foram doados pelo setor empresarial de Divinópolis e por isso serão alocados na própria cidade. “Somente adiantamos para Santo Antônio do Monte por uma questão de agilidade, mas, tão logo chegue a próxima remessa, eles serão repostos e doados para serem usados em Divinópolis”, explicou.

O líder empresarial chamou atenção ainda para outros benefícios do uso dos capacetes elmo, como a economia de insumos e medicamentos, como neurobloqueadores e anestésicos, utilizados no procedimento de intubação e que já estão em fata no mercado. “Nós entendemos que a economia que se faz de medicamentos para intubação e com a manutenção de um paciente na UTI poderia justificar o aumento do gasto do oxigênio, além de melhorar o quadro clínico do paciente e sua chance de recuperação”, afirmou.

Eduardo Soares destaca ainda que a nota técnica da fornecedora de O2 afirma que o aumento do consumo de oxigênio se dá com a utilização dos 30 capacetes simultaneamente durante 24 horas, o que gera um cálculo equivocado do consumo, o que não é o caso, e esclarece que aparelho pode ser estocado, para reposição imediata e usado em menor número por vez.

Hospital Público

Sobre a possível utilização dos capacetes devolvidos no Hospital Público Regional que, através de um projeto estadual em parceria com o município de Divinópolis, deverá disponibilizar 20 novos leitos de UTI Covid e 40 novos leitos de enfermaria de retaguarda, com atendimento 100% SUS, o Presidente da FIEMG alerta para a necessidade de avaliar previamente as condições técnicas ou possibilidade de investimento, para que o mesmo problema não se repita. “Se esse hospital de campanha estiver preparado para receber esses capacetes, vamos mobilizar a comunidade novamente para doar; não podemos acostumar com esses números exorbitantes de mortes e vamos fazer de tudo para ajudar. Fomos parceiros e vamos continuar sendo, da Prefeitura Municipal, no combate à pandemia.”, finalizou.

Campanha continua

Até o momento, a campanha, com apoio do setor empresarial e da comunidade em geral, de Divinópolis e cidades vizinhas, já entregou quase 200 capacetes para a região; destes, 30 tinham sido entregues à UPA e foram devolvidos ontem, outros 55 foram destinados ao Complexo de Saúde João de Deus e estão sendo utilizados com resposta positiva e promissora no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19. Formiga, Córrego Fundo, Santo Antônio do Monte, Cláudio, São Sebastião do Oeste, Nova Serrana e Itaúna também estão utilizando os capacetes elmo nas unidades de saúde.

O aparelho é um suporte de ventilação não invasivo que evita em até 60% as intubações e auxilia na recuperação pulmonar. Empresários que queiram abraçar a causa devem enviar o comprovante de depósito ou transferência para o e-mail hicastro@fiemg.com.br ou para o whatsapp (37) 99803-4966, para que a FIEMG Regional possa identificar o valor arrecadado e destinar a quantidade correta de aparelhos para a unidade de saúde para a qual se pretende doar.

A conta para depósito é:

Banco: 756 - Bancoob / Agência - Cooperativa: 3330 - Sicoob Credifiemg - conta corrente 12.262-9, Favorecido - Federação das Indústrias de Minas Gerais - Fiemg, CNPJ 17.212.069/0001-81