Notícias

População formiguense se mobiliza e doa capacetes elmo para Santa Casa e UPA

Campanha da FIEMG contou com apoio popular e empresarial

A campanha da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais está ganhando força com o engajamento do setor empresarial e a participação popular. Esta semana, a Santa Casa de Misericórdia de Formiga, através da interlocução do Diretor da FIEMG Regional Centro-Oeste e empresário formiguense, Paulo César Costa, recebeu 20 capacetes elmo.

De acordo com o líder empresarial, as doações foram feitas por empresários de vários segmentos e também pela população. “A população abraçou a causa, cada um dentro da sua condição. Tivemos doações de todo valor, de 10 reais a 5 mil e com isso tivemos condições de ajudar a amenizar a situação das unidades de saúde de Formiga”, afirmou.

A gestora executiva da Santa Casa de Formiga, Myriam Coelho, e o superintendente administrativo, Marcos Caetano, agradeceram todo o apoio que vem recebendo da sociedade civil de Formiga. “Agradecemos em especial, ao Paulinho da Fidalga juntamente com os 33 doadores, pelo empenho na aquisição dos equipamentos, que farão muita diferença no tratamento de pacientes de Covid-19”.

Com o envolvimento dos empresários do segmento da cal, através do Presidente do SINDICAL, Edivar Rodrigues, a UPA de Formiga também recebeu 10 capacetes e outros 10 foram destinados à UPA de Córrego Fundo. Ao todo, as duas cidades poderão contar com 40 capacetes elmo no tratamento contra a Covid.

O aparelho, uma invenção brasileira, é um suporte de ventilação não invasivo que evita em até 60% as intubações e auxilia na recuperação pulmonar. Cada capacete custa, em média, R$ 1.200,00. “Agradecemos as contribuições recebidas para a compra destes Elmos, lembrando que a pandemia ainda não acabou e outras campanhas virão”, finalizou o Diretor da FIEMG Regional Centro-Oeste.

 

Gracielle Castro

Analista de Comunicação

FIEMG Regional Centro-Oeste