Notícias

Programa de Fiscalização Ambiental Preventiva na Indústria (FAPI), realizado online, conta com mais de 70 empresas participantes

Programa tem como objetivo difundir as melhores práticas ambientais e a regularização das indústrias

Foi realizada, na manhã de hoje (13), a 5ª edição do Programa de Fiscalização Ambiental Preventiva na Indústria (FAPI), uma iniciativa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) em parceria com a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG) e a FIEMG.

O evento contou com a participação do Presidente da FIEMG Regional Centro-Oeste, Eduardo Soares, do Superintendente da SUPRAM Alto São Francisco, Rafael Teixeira e do Comandante da 7ª Cia da Policia Militar de Meio Ambiente, Capitão Edson Cecílio da Silva. De acordo com o Capitão, a atividade principal do órgão é instruir, portanto, está ao lado da FIEMG no desenvolvimento do Programa. “Nosso trabalho é orientar e instruir, com o objetivo de promover uma evolução sustentável e qualidade de vida para a sociedade”, afirmou.

O Analista Ambiental, Tulio de Sá ministrou a palestra A Importância da Fiscalização na Gestão Ambiental das Indústrias”;em seguida, a Diretora Regional de Fiscalização do Alto São Francisco, Kamila Esteves Leal, apresentou a palestra “Fiscalização Ambiental na Indústria”; o tema “Procedimentos da Regularização Ambiental – Como Regularizar Sua Atividade” foi abordado pelo Diretor Regional de Controle Processual da SUPRAM Alto São Francisco, Márcio Muniz dos Santos.

Em sua apresentação, Túlio falou da gestão de riscos, da mitigação dos impactos ambientais e prevenção dos acidentes; do licenciamento ambiental como item de qualificação de fornecimento ou prestação de serviço; da melhoria na cultura da gestão ambiental como processo constante; listou os principais motivos das autuações em Minas e da morosidade das análises pela SUPRAM.

Os analistas ambientais da FIEMG, quando solicitados pelas empresas, farão a verificação da situação atual da atividade, e a elaboração de um plano de ação para regularizar e adequar o sistema de gestão ambiental do empreendimento às legislações ambientais aplicáveis. As empresas que aderirem ao FAPI terão acesso ao Selo Digital de empresa participante, após comprovada as adequações ambientais necessárias. “Nós Analistas Ambientais da FIEMG, estamos capacitados para instruir os empreendedores a respeito das melhores práticas ambientais, auxiliando a obtenção do processo de regularização ambiental de seus empreendimentos”, explicou Túlio de Sá.

Com base nos planejamentos anuais estratégicos, todo ano são selecionados os setores ou atividades industriais específicas para a fiscalização ambiental preventiva. Para 2021, foram escolhidas as atividades de tratamento químico de madeira, fabricação de cerveja, fabricação de sucos e refrigerantes, abate de animais, industrialização da carne e processamento de subprodutos.

 

Gracielle Castro

Analista de Comunicação

FIEMG Regional Centro-oeste