Notícias

FIEMG Competitiva ajuda indústrias a aumentarem a produtividade e a competitividade

Programa entra na segunda fase no Norte de Minas, em parceria com Sindicatos Patronais
(fotos: rosangela silveira)

Iniciativa do Sistema FIEMG, por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Programa FIEMG Competitiva desenvolve projetos focados no aumento da produtividade e competitividade da indústria. São projetos construídos em parceria com os sindicatos empresariais filiados à FIEMG, com base nas necessidades setoriais e oferecidos para grupos de, no mínimo, cinco indústrias.

Quatro sindicatos filiados à FIEMG Regional Norte aderiram ao programa e irão receber consultorias em gestão e processos produtivos. O programa prevê subsídio de até 90% das ações realizadas na Regional ou nas próprias indústrias participantes.

O Programa FIEMG Competitiva, que até 2018 se chamava Programa de Competitividade Industrial Regional (PCIR), entrou agora em uma nova etapa: a de planejamento dos projetos para 2019. Essa etapa consiste em uma sinalização do sindicato junto à equipe técnica do programa em quais os tipos de projetos apoiáveis tem interesse em ofertar para suas empresas associadas durante este ano. 

A partir desta demanda recebida do sindicato, a equipe irá elaborar o conteúdo dos projetos coletivos detalhando custo, prazo, possíveis fornecedores, meta de atendimento, possíveis parcerias e demais informações. Esse planejamento detalhado está sendo apresentado aos sindicatos que deverão - após análise e possíveis pedidos de alterações - validarem todos os projetos até o dia 30 de abril de 2019.

Na quinta-feira, 25 de abril, as técnicas da FIEMG, Isabela Silva Conselho e Raquel Lopes de Souza, estiveram em Montes Claros reunidas na FIEMG Regional Norte com os representantes do SINDVEST-NORTE (vestuário), SINDPAN (panificação), SINDUSCON (construção civil) e SIMETRON (indústria metalúrgica e de material elétrico), validando os projetos coletivos de cada setor que serão realizados ao longo deste ano, como por exemplo, o seminário sobre terceirização de empregados de acordo com as novas regras trabalhistas.

O presidente da FIEMG Regional Norte, Adauto Marques Batista, destaca a importância do FIEMG Competitiva por considerar que ele é um projeto que abrange setores econômicos industriais diversos, representados por seus sindicatos. “O programa ajuda na identificação de oportunidades de negócios, promove a oferta de capacitação, inovação e uma interação, com troca de experiências entre as indústrias, contribuindo para o seu desenvolvimento e fortalecimento. É um avanço significativo, principalmente numa região tão cheia de potencial, porém carente de oportunidades, como é o Norte de Minas”, acrescenta Batista.

Ele cita ainda que, por meio do FIEMG Competitiva, ações no Polo de Lingerie de Taiobeiras – Norte de Minas – têm fortalecido o segmento e oportunizado a padronização da modelagem do lingerie das empresas do polo do segmento em Taiobeiras. “Essa ação é decorrente do projeto de posicionamento da marca (branding) realizado em 2018, que resultou na criação do selo “Lingerie de Taiobeiras” e em ganhos de produtividade expressivos para as empresas participantes do projeto”, pontua o presidente da Regional Norte.

Em Taiobeiras, a ação de padronização da modelagem está atendendo 15 empresas associadas ao SINDVEST-NORTE, de abril a julho deste ano. Nesta semana, a ação se iniciou com o Workshop de Direção Criativa abordando temas sobre como gerir o seu negócio para gerar lucro e retorno para os acionistas; planejamento e desenvolvimento de coleção; definição de matriz, mix de moda, produto e desenho técnico, entre outros. As ações têm parceira com a escola do SENAI de Montes Claros – CFP Luiz de Paula.

Galeria