Notícias

Prefeitura de Montes Claros recebe doações de medicamentos da Hipolabor Farmacêutica

Medicamentos estão sendo distribuídos pela Secretaria de Saúde aos hospitais

Montes Claros é a primeira cidade de Minas Gerais a receber doações de medicamentos da Hipolabor Farmacêutica, indústria fabricante de produtos injetáveis, líquidos, sólidos e semi-sólidos. O laboratório é o maior fabricante de medicamentos genéricos e injetáveis do país e tem uma unidade no Distrito Industrial 1 de Montes Claros.

Atendendo solicitação da Prefeitura de Montes Claros, com intermediação do vice-prefeito Adauto Marques, o laboratório está doando ao setor de saúde do município medicamentos anestésicos e sedativos de fabricação própria e outros adquiridos junto ao Laboratório Cristália Farmoquímica, de Itapira (SP). Eles serão usados nos hospitais de Montes Claros no tratamento de pacientes internados em UTIs, principalmente os que estão com a Covid-19.

A secretária municipal de Saúde de Montes Claros, Dulce Pimenta, esclarece que esses medicamentos são de extrema importância para os hospitais e estão em falta no mercado, o que levou os hospitais a suspenderem cirurgias eletivas neste período crítico de pandemia. “A doação do Hipolabor foi decisiva para a continuidade do atendimento a pacientes em UTIs, dependentes de respiradores, pois os estoques já estavam zerados, bem como para a retomada de cirurgias cardíacas, oncológicas e neurológicas que estavam sendo suspensas por conta da falta dos medicamentos”, acrescenta a Secretária.

Entre os medicamentos doados, estão o injetável Cloridrato de Midazolam, indicado para sedação de pacientes em unidades de terapia intensiva, e o Citrato de Fentanila, para uso como agente anestésico único com oxigênio em determinados pacientes de alto risco. O primeiro lote dos medicamentos doados já foi entregue à secretaria de Saúde de Montes Claros que está coordenando a distribuição entre os hospitais. Dulce Pimenta informa ainda que nos próximos dias mais um lote de doações dos medicamentos pelo Hipolabor deverão chegar.

O vice-prefeito, Adauto Marques, que também é presidente licenciado da Regional Norte da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, esclarece que a ação foi desenvolvida junto à presidência do Hipolabor, a pedido do prefeito Humberto Souto, que vem atuando de forma assertiva para evitar o agravamento da pandemia do coronavírus em Montes Claros.

Ele ressalta ainda a importante participação do presidente do Hipolabor, Renato Alves, na ação. “Ele não mediu esforços para atender de pronto a solicitação do município e destinou lotes dos medicamentos anestésicos e sedativos tão importantes no tratamento de pacientes acometidos pelo Covid-19”, acrescenta Marques.

O provedor do Hospital Aroldo Tourinho, Paulo César Gonçalves de Almeida, considera de extrema importância a doação dos medicamentos que no momento estão escassos no mercado. “Esses medicamentos são fundamentais no bloco cirúrgico e em CTI e podem salvar muitas vidas”, ressalta Almeida. Outro ponto que o provedor do HAT faz questão de destacar é a ajuda da Regional Norte da FIEMG, por meio do seu agora presidente licenciado, Adauto Marques. “A FIEMG tem sido solidária e participativa em relação ao HAT, desde o início da pandemia, viabilizando doações expressivas, inclusive de EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais), que são fundamentais para a atuação segura dos profissionais da saúde no atendimento aos pacientes”, acrescenta o provedor do HAT.

 FIEMG

E chegaram a Montes Claros mais doações da FIEMG para a prefeitura do município. Foram 700 litros de alcool gel glicerinado e 3 mil máscaras que já foram entregues à secretaria municipal de Saúde. A Secretaria ficará responsável pela distribuição nas unidades de saúde.