Notícias

18 de agosto: Dia do Estagiário

Saiba como o estágio forma e transforma estudantes em suas trajetórias profissionais

Neste dia 18 de agosto é celebrado o Dia do Estagiário. A data foi estabelecida em 1982, com a publicação do Decreto nº 87.497/82. O documento regulamentou a lei existente sobre estágio, além de estabelecer regras e limites para a atividade.  

Mas porque o estágio é tão importante na vida dos futuros profissionais? Como essa prática forma e transforma os estudantes? De acordo com Girlaine Maria da Cunha Gomes, coordenadora do IEL Hub de Carreiras, o estágio possibilita a conexão entre o conhecimento acadêmico do estudante com a prática no mercado de trabalho. “Isso permite que o estudante tenha uma vivência diferenciada”, pontua.  

Gomes ressalta que o aluno que faz estágio estabelece networking, tem estimulo à inovação, começa a entender como se comportar dentro de uma organização e ganha musculatura necessária para evoluir na sua profissão. “São muitas oportunidades e ganhos neste momento único na carreira”, diz.  

Uma boa oportunidade para o desenvolvimento da trajetória profissional dos jovens estudantes no mercado de trabalho é o programa Residência Industrial, uma realização do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) em parceria com o Centro Universitário Una.

Segundo o reitor da Una, Rafael Ciccarini, o propósito do programa vai ao encontro do que a instituição proporciona nos cursos de graduação desde os primeiros períodos, que é a possibilidade de colocar a mão na massa, e a busca da conexão com o mercado de trabalho. “Hoje, além das competências técnicas, é necessário o desenvolvimento de habilidades como a capacidade de resolver problemas e de inovar, o pensamento crítico, a resiliência, a empatia, e o trabalho em equipe. As indústrias, e as empresas em geral, são os ambientes onde essas habilidades podem ser vivenciadas na prática”, afirma.

Sobre o programa 

O Residência Industrial visa desenvolver, por meio de uma metodologia estruturada, comportamentos e atitudes conectando jovens profissionais, instituições de ensino e mercado industrial, a partir da visão de um novo mundo, com base em valores e propósitos de forma a fomentar a inovação e a competitividade na indústria mineira. O programa foi desenvolvido pensando em uma vivência que possibilite ao estudante conhecimento, interação e prática. 

Já foram inseridos no mercado de trabalho, através da parceria do IEL e a Ânima Educação, 290 estagiários e 30 Residentes. 

“Acreditamos que a pessoa pode ser protagonista da própria história”, ressalta Mariele Zapula, da Dasein Executive Search, uma das empresas madrinhas do programa. A Dasein já participou do programa de Residência Industrial e a gestora afirma que a iniciativa é uma oportunidade de proporcionar aos estagiários conhecimentos que extrapolem o estágio e a sala de aula. “O estímulo à interação, a inovação e a prática poderão desenvolver competências e habilidades voltadas para a solução de problemas, adaptabilidade, resiliência e análise de cenário, facilitando a adaptação deste futuro profissional ao mercado de trabalho”, reforça Zapula. 

O Programa Residência Industrial possui método criado pelo IEL com quatro trilhas principais de desenvolvimento, trabalhando competências consideradas essenciais para instigar e promover mudança de comportamento. Clique aqui e conheça mais.  

IEL Hub de Carreira 

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) é a instituição da FIEMG que atua como interlocutora e promotora da interação entre empresas e centros de conhecimento em Minas Gerais. O IEL Hub de Carreiras tem o objetivo de conectar os melhores talentos à Indústria mineira e trabalha com as mais diversas hierarquias, desde o estagiário ao mais alto nível executivo, sempre buscando o alinhamento dos valores individuais com os valores e objetivos organizacionais, visando estimular e apoiar empresas e indústrias na evolução de sua cultura para que se tornem cada vez mais competitivas, inovadoras e sustentáveis. 

Ao longo dessa história são mais de 3 mil empresas atendidas e 100 mil contratações realizadas.  

Acesse o link e conheça as vagas em aberto.   

No episódio desta semana do “A hora da indústria”, Girlaine Maria da Cunha Gomes, coordenadora do IEL Hub de Carreira, o estagiário Davidson Albuquerque, que cursa Engenharia de Produção na UNA e faz estágio na Delp Engenharia, e Gisele Lins, sua tutora na Delp Engenharia, contam quais são as oportunidades que um estágio pode trazer em sua carreira. Confira!