Notícias

Campanha de doações de agasalho entra na programação do Mês da Indústria

A realização será dos Sindicatos Sindal, Simeval e Sinducon; as doações vão do dia 05 ao dia 31 de maio

No dia 21 de junho começa oficialmente a estação do inverno, mas a temperatura em Valadares, cidade conhecida pelo forte calor, já começou a cair. Pensando em antecipar a arrecadação de agasalhos este ano, os Sindicatos das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Governador Valadares (Simeval/GV), da Construção Civil de Governador Valadares – (Sinduscon/GV) e da Alimentação de Governador Valadares (Sindal/GV) iniciam a Campanha do Agasalho que entra na programação do mês da indústria, tendo a FIEMG Regional Rio Doce como parceira na ação.

Intitulada “Roupa boa a gente doa. Esvazie o cabide e abra o coração”, a ação busca arrecadar roupas de inverno e cobertores que serão destinados a entidades sociais e pessoas carentes, que mais precisam e que menos têm como se aquecer no frio. A ação começa hoje, dia 05, e segue até o dia 31 de maio.

Os pontos de coleta são nos Sindicatos das Indústrias, na rua Leda Maria Mota Godinho, 120, JK II (mesmo endereço da FIEMG/SENAI). Os interessados que não puderem entregar as doações, podem informar o interesse, que a equipe irá buscar nas residências. O contato pode ser feito no (33) 999194062 ou 3272.4850.

Para a coordenadora sindical, Ananda Moura, realizar a campanha dentro da programação do Mês da Indústria, só reforça o papel importante que a indústria tem no contexto de promover o desenvolvimento socioeconômico e a melhoria da qualidade de vida das pessoas. “Queremos incentivar as pessoas sobre a importância de terem os corações solidários, esvaziando os armários e doando aquelas peças que não tem sido usadas, mas que estejam em boas condições, para entidades e pessoas que mais precisam. É por isso que o mote desse ano é ‘roupa boa, a gente doa’ e é assim que queremos sensibilizar as pessoas. A campanha não está restrita somente para a indústria, mas busca também estimular a prática da responsabilidade social e da sustentabilidade em toda a comunidade” concluiu.