Notícias

Pelo 2º ano consecutivo, Escola SESI classifica o maior número de alunos da cidade para a 2ª fase da Olimpíada Nacional de Ciências

No total, 56 alunos foram classificados para a 2ª fase da ONC que acontece no dia 03 de setembro

A Escola SESI Governador Valadares está participando da maior olimpíada de Ciências do Brasil, a Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) e, pelo 2º ano consecutivo, conta com o maior número de alunos da cidade classificados para a 2ª fase, que acontecerá no dia 03 de setembro.

A ONC tem como principal finalidade atrair os estudantes das escolas públicas e particulares para o estudo da Biologia, Física, Química e Astronomia. A proposta é garantir a participação dos alunos para avaliar e promover um despertar para a ciência, com o objetivo de formar cidadãos que contribuam com o progresso da ciência e do país.

Este ano, a ONC bateu mais um recorde, tendo 60.288 estudantes realizando a prova de forma simultânea. Devido à pandemia da COVID-19, a primeira fase aconteceu de forma remota, 100% online, por motivos de segurança e para preservar as famílias brasileiras.

Para a pedagoga dos anos finais do Fundamental e Ensino Médio, Gleide Duarte, esse resultado, por dois anos consecutivos, destaca a preocupação da Escola SESI com uma educação de qualidade, além de despertar nos alunos o saber e o interesse pela pesquisa científica. “Parabenizo a todos os alunos e suas famílias que, mais uma vez, nos dão tanta satisfação com esse resultado. Cumprimento também aos professores Jeferson de Almeida e Mayanna Cabral pelo incentivo aos alunos, o que demonstra que estão conseguindo despertar a ciência na vida de muitos estudantes, aguçando o conhecimento científico, estimulando novos saberes e construindo possibilidades de um futuro promissor e cheio de descobertas”, pontuou.

 

Sobre a ONC

A ONC é organizada pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e realizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação (MCTI) e constitui um programa da Associação Brasileira de Química (ABQ), Departamento de História da UNICAMP, Instituto Butantã (IB), Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), Sociedade Brasileira de Física (SBF), responsáveis por sua execução. É considerada a maior olimpíada interdisciplinar do país que busca resgatar o interesse de jovens e adolescentes pelo estudo, ciência, investigação e pelo saber.

A competição é destinada aos estudantes que estiverem regularmente matriculados no Ensino Fundamental II (6º, 7º, 8º ou 9º ano); no Ensino Médio (1ª, 2ª ou 3ª série); e estudantes da 4ª série do Ensino Técnico, bem como estudantes da Educação de Jovens e Adultos das séries ou anos citados acima. Para participar da ONC, em qualquer uma de suas fases, o estudante não poderá ter ingressado em curso superior.