Notícias

FIEMG Competitiva apresenta diagnóstico de empresas para reconhecimento de APL em Lambari

A FIEMG - Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais em parceria com o SIMMMEI – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Itajubá, e com a ACIL – Associação Comercial e Industrial de Lambari apresentou no dia 04/04 o estudo realizado no âmbito do Programa FIEMG Competitiva, que visou mapear o perfil industrial e as oportunidades de desenvolvimento da competitividade do polo de aço inox do município de Lambari.

O estímulo à cooperação entre um grupo de empresários do município foi o ponto de partida para o projeto de consolidação e organização do pequeno polo de manufatura de aço inoxidável que se formou na cidade. Desde 2005, esse grupo, que reúne fabricantes de equipamentos para laticínios, indústrias alimentícias, farmacêuticas, químicas e de cosméticos, participa de diferentes iniciativas que almejam a formação de um Arranjo Produtivo Local (APL). Mediante o estudo realizado pela FIEMG, serão propostas as ações e realizados os mapeamentos para dar continuidade no reconhecimento do APL.

O programa responsável por esse estudo é o FIEMG Competitiva. Antes chamado de PCIR (Programa de Competitividade Industrial Regional), o programa se tornou uma iniciativa mais abrangente e inovadora. É a soma da força da indústria e da representação Sindical, em uma atuação coletiva, desenvolvendo projetos voltados para o aumento da Competitividade com atuação direta na indústria.

A reunião para a apresentação aconteceu na sede da ACIL, estiveram presentes o Presidente da FIEMG Regional Sul, Sr. Sebastião Rogério Teixeira, o Presidente do SIMMMEI, Sr. Henrique Sérgio de Paula e vários empresários interessados no projeto.

“Esta nova etapa é uma das mais importantes, pois é quando as empresas saberão seu diagnóstico. Na maioria das situações, as empresas não conseguem olhar para dentro e ter um conhecimento interno. Aqui nesse projeto, está havendo a oportunidade desse conhecimento, sendo possível saber qual caminho tomar. Um polo desses, da forma em que está sendo realizado, um empresário pelo outro, acaba-se criando uma região referência nesse determinado tipo de atividade, atraindo a atenção de investidores” pontuou o Presidente da FIEMG Regional Sul, Sebastião Rogério.

Galeria