Notícias

Empresário de Santana do Paraíso será agraciado com o Mérito Industrial

Homenagem faz parte das comemorações do Dia da Indústria

Gilson Toledo, diretor comercial da fábrica de geléia de mocotó Vitalidade será agraciado Mérito Industrial 2019 no dia 23 de maio, durante as comemorações pelo Dia da Indústria, promovida pela FIEMG.

A indicação do empresário foi realizada em consenso entre o presidente da FIEMG Regional Vale do Aço e os presidentes dos sindicatos filiados.

Flaviano Gaggiato, presidente da entidade ressaltou que a homenagem é fruto do reconhecimento de um trabalho sério e de muita dedicação dos irmãos Gilson Toledo e Mauro César que fundaram a Comercial Toledo & Toledo de forma tímida em casa e com apenas 2 empregados.

“Temos orgulho de homenagear esse empresário de visão, sempre atento ao mercado e suas nuances, que administra a empresa de maneira arrojada e ao mesmo tempo, atento às suas capacidades financeiras e estruturais”, elogiou Gaggiato.

26 anos após a fundação, a empresa com sede própria em Santana do Paraíso e 33 funcionários diretos conta com a produção de 18 toneladas/mês e desde 2017 exporta o produto para os Estados Unidos.

“Fiquei surpreso e honrado em receber essa homenagem e saber que não é só empresas de grande porte que concorrem ao Mérito. Procuro ser atuante junto ao Sindicato e devo o crescimento e aumento de produtividade e sustentabilidade da Vitalidade a ações conjuntas promovidas pela FIEMG e Sinpava. Vários projetos e programas com excelentes resultados, contribuíram para esse reconhecimento como o Selo Sinpava Alimento Seguro, os programas de Saúde Ocupacional em parceria com o Sesi, Consultoria em gestão de energia e Consultoria na área ambiental”, mencionou.

Para Fabrício Lara, presidente do Sinpava, a indicação é reflexo da atuação do empresário, grande apoiador do associativismo e da indústria de alimentação do Vale do Aço. “Homenagem mais que merecida, a Vitalidade é uma empresa que preza a excelência de seus produtos e o desenvolvimento sustentável. É parceira de seus empregados e engajada nas questões sociais da comunidade em que está inserida”, opinou.

Dia da Indústria

O Dia da Indústria foi instituído pelo presidente Juscelino Kubitschek, em 1957, através do Decreto nº 40.983, tendo sido fixado o dia 25 de maio pelo Decreto nº 43.769, de 21 de maio de 1958. No mesmo ano, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) criou a Medalha do Mérito Industrial para homenagear industriais de destaque na cena nacional. A medalha nº 1 foi entregue ao Presidente JK, pelo industrial Lídio Lunardi, presidente da CNI e da FIEMG.