Notícias

FIEMG recebe especialistas da GOL Linhas Aéreas

A companhia aérea iniciará as operações no Vale do Aço, no dia 9 de setembro. A venda de bilhetes comercializados foi iniciada no dia 2 de junho.

O coordenador do eixo Infraestrutura da Agenda de Convergência e Delegado do Sindicato das Indústrias do Vestuário - Sindivest Vale do Aço, Luciano Araújo, recebeu nessa quarta-feira, 22/6, na sede da FIEMG, em Ipatinga, os especialistas de Planejamento e Infraestrutura da GOL Linhas Aéreas, Alexandre Toshio e Matheus Motta, além do superintendente do aeroporto regional do Vale do Aço, Ronan Fernandes e o engenheiro predial, Luiz Cunha.

Durante a visita, Luciano reforçou a importância da companhia se instalar na região e da vocação industrial do Vale do Aço. “A GOL chega num excelente momento; temos ótimas perspectivas para o desenvolvimento regional alinhado aos projetos da Agenda de Convergência com foco na atração de investimentos, inclusive com a execução do plano diretor do aeroporto e a potencialização do turismo”, pontuou.

Na oportunidade, Araújo convidou os especialistas para participar da próxima reunião da Agenda de Convergência no dia 1º/8 e colocou a entidade à disposição. “Sabemos do potencial da GOL, da sua estrutura e experiência de mercado. Acredito que o Vale do Aço ganha muito com mais uma opção de companhia aérea nessa retomada das viagens corporativas pós pandemia”, disse.

Como já divulgado, a GOL iniciará as operações no dia 9 de setembro. A venda de bilhetes comercializados exclusivamente pela companhia foi iniciada no dia 2 de junho.

“A GOL tem investido na expansão regional e Minas Gerais, um estado de dimensões grandiosas, sempre esteve no centro da nossa estratégia. E o Vale do Aço é uma região que encontra uma grande demanda por viagens corporativas e que ganha ainda mais interesse de executivos de todo o país. Neste primeiro momento, teremos quatro voos semanais entre Guarulhos e Ipatinga, às segundas, quartas, sextas e domingos. Contamos muito com a FIEMG e as indústrias que ela representa para que este voo se torne fundamental para estreitar as conexões da região com o Brasil e o mundo”, endossou Matheus Motta, especialista em infraestrutura da GOL Linhas Aéreas