Notícias

Seminário online da Bosch em parceria com o FIEMG Competitiva superou as expectativas

Segunda etapa do seminário será em setembro e no formato presencial

FIEMG Competitiva é uma iniciativa FIEMG e IEL, juntamente com os sindicatos empresariais filiados com o objetivo de elevar o patamar competitivo das indústrias mineiras. E o Sindmetal (Sind. Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Uberlândia) é um dos sindicatos que atuam com o programa FIEMG Competitiva buscando ofertar informações e oportunidades de qualidade para a base associada.

Com isso, foi criado em parceria com a Bosch  o seminário sobre veículos híbridos e elétricos.  Atualmente o Grupo Bosch emprega no país cerca de 8.000 colaboradores e registrou, em 2019, um faturamento líquido de R$ 5,2 bilhões com a oferta de produtos e serviços para os setores Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 9.400 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de R$ 6,4 bilhões, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas. E o tema escolhido, no qual a Bosch tem grande expertise na tratativa, vai de encontro ao intuito do Sindmetal bem como do FIEMG Competitiva em oferecer ao setor atendido as temáticas e estratégias mais inovadoras do momento.

O Seminário aconteceu nos dias 27 e 28/4 de forma remota, mas com total interação entre o público e os instrutores, e em setembro será realizada a segunda etapa presencialmente. Segundo o analista do IEL, Pedro Casasanta, o evento foi uma excelente oportunidade de aproximação do segmento metal mecânico com a tecnologia dos veículos elétricos e híbridos.

“Hoje a frota no Brasil de veículos que utilizam esta tecnologia é de aproximadamente 40 mil veículos, com uma tendência irreversível de crescimento, reforçado com a chegada de caminhões leves. O grande destaque das aulas ficou para o segundo dia com a apresentação dos diagnósticos e manutenções que as empresas podem realizar. Estas manutenções serão fonte importante de receita, pelo alto valor agregado aos serviços.  Em setembro teremos o seminário presencial que irá fechar este primeiro ciclo de capacitação.”

O coordenador do Sindmetal, Mário Sérgio, também sinalizou o sucesso do evento e a boa expectativa para a continuação no segundo semestre. “A primeira etapa foi muito produtiva, os participantes gostaram muito porque eles puderam ter mais contato com esta nova tecnologia de veículos híbridos e elétricos, e esta tecnologia não é mais o futuro do segmento, e sim o presente; todos saíram muito satisfeitos e esperando com entusiasmo a segunda parte em setembro.”

O participante do seminário Wellington Júnior, empresário e técnico em manutenção automotiva também aprovou o conteúdo do seminário. “A tecnologia está em constante evolução, precisamos sempre nos atualizar para melhorar nosso desempenho e competitividade. Este treinamento foi um marco inicial para meu aprendizado e pude absorver várias informações valiosas. Um momento que foi marcante no seminário, foi conhecer o funcionamento dos motores elétricos na transmissão. Estou muito feliz com a oportunidade e aguardo ansioso o encontro presencial.”

 

Acompanhe o conteúdo técnico que a Bosch ofereceu durante o seminário

Os participantes conheceram os carros elétricos e híbridos e o funcionamento de cada um com atividades téoricas e práticas. Para isso foram  usados dois carros para referência, o híbrido Toytota PRIUS e o elétrico BMW I3, que além de serem populares no Brasil são também conhecidos mundialmente.

O instrutor ainda frisou um detalhe importante em relação ao cenário atual da pandemia de Covid 19 já que este contexto acelerou muito o pensamento das pessoas em relação ao meio ambiente, mudança da matriz energética etc, ou seja, esta discussão está em uma crescente, trazendo uma necessidade mais latente sobre o conhecimento destas novas formas de combustível.

Borbon ainda acrescentou: “Em 1990 saiu o carburador, a injeção eletrônica e na época foi uma super mudança, assim como está sendo agora com a chegada dos carros elétricos.  Primeiro é necessário a conscientização, e depois a mudança de percepção das pessoas em relação aos demais itens como  reparo, troca de peças etc. Além da questão da percepção técnica que aponta uma necessidade muito grande para a questão da segurança; a eletricidade não nos permite errar, quando há algum erro a consequência é séria.” disse.

Vale frisar que a equipe Bosch preparou e dividiu o conteúdo de forma que ambos os encontros (online e presencial) são necessários para a compreensão total do que o seminário se propõe a ensinar. Para o encontro online que foi realizado nos dias 27 e 28/4, os instrutores utilizaram um rolo dinamômetro que simula um veículo andando, trazendo, com isso, mais realidade para as atividades. Além disso, o público interagiu com os instrutores, e tirou dúvidas em tempo real.

Os empresários que tiverem interesse nesta temática devem entrar em contato com o Sindmetal, localizado em Uberlândia, triângulo mineiro através do contato (34) 9 9891-5320

 

 

Galeria