Notícias

Fiemg articula repasse de terras não loteadas no DI III para Uberaba

Líderes industriais e a administração municipal pediram o apoio do presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, na interlocução com o Estado para a liberação estratégica das glebas no DI III

A diretoria da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) - Regional Vale do Rio Grande e o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, reuniram-se, na sede da entidade, para uma videoconferência com o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe. O objetivo foi pedir o apoio de Flávio na interlocução com o Estado para a liberação estratégica das glebas no Distrito Industrial III. O Executivo solicita que as terras ainda não loteadas sejam repassadas juridicamente ao Município pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig). Uberaba recebeu todos os lotes remanescentes dos distritos I, II e III, totalizando 297 lotes, mas as glebas não foram contempladas. Ao repassar as glebas para o Município, serão acelerados os trâmites burocráticos para quem deseja se instalar na área, justifica o prefeito Paulo Piau. Outro aspecto ressaltado foi a segurança. Juridicamente, há uma proteção ao distrito, em um raio de 12 km, contra aglomeração urbana. Entretanto, em função de incêndios, recorrentes nesta época do ano, as indústrias instaladas no local podem vir a correr riscos. “Por isso, ao repassar as glebas ao Município, amplia-se também este controle e a segurança”, acrescenta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, José Renato Gomes. Líderes de sindicatos patronais também participaram do encontro. Para o presidente da Fiemg - Regional Vale do Rio Grande, José Arlênio Veneziano, o interesse do Executivo é legítimo. “O estímulo ao empreendedorismo passa por estratégias de desburocratização. Tendo a Codemig como objetivo o desenvolvimento econômico do Estado, creio que alcançaremos nosso objetivo”, pontua José Arlênio.