Notícias

Situação econômica é debatida em reunião de presidentes de Sindicatos da Zona da Mata com Flávio Roscoe

Empresários querem estabelecer estratégias e mapear vantagens competitivas da região para atrair mais desenvolvimento
Fotos: Graciele Vianna

O presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, esteve em Juiz de Fora ontem dia 21 de outubro, para ministrar uma palestra aos empresários da cidade sobre associativismo e sua força para alavancar negócios. O encontro foi organizado pelo Sindicato da Indústria de Alimentação de Juiz de Fora (SIA-JF) e realizado no Centro Industrial (CIJF). Além deste evento, ele também participou de um encontro comemorativo dos 55 anos do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Juiz de Fora (Sindivest-JF) e aproveitou a oportunidade para também se reunir com os presidentes de Sindicatos da Indústria da Zona da Mata.

O encontro das lideranças empresariais aconteceu no CIJF, logo após a palestra, tendo à frente Flávio Roscoe; o presidente da FIEMG Regional ZM e do Sindipan-JF, Heveraldo Castro; o diretor da Regional e presidente do Sinduscon-JF, Auréio Marangon Sobrinho; e a presidente do SIA-JF e do CIJF, Flávia Gonzaga. Durante o encontro, os presidentes de Sindicatos discutiram a atual situação econômica da região, traçando um cenário de perspectivas para os próximos anos. Além disso, debateram assuntos locais e levantaram as demandas da Zona da Mata.

Heveraldo Castro ressaltou a importância de buscar o apoio do poder público e cobrar ações efetivas que possam resultar na atração de novos empreendimentos em Juiz de Fora e municípios do entorno. “Nossa cidade tem ótima infraestrutura, localização, grandes hospitais e educação de qualidade. Não podemos perder empresas para outros estados. Temos que mostrar nosso potencial, o que a cidade tem a oferecer aos empresários”, disse.

Flávio Roscoe destacou que o governo do Estado está melhorando o ambiente de negócios em Minas e que hoje temos incentivos fiscais e mais celeridade para quem está querendo investir. “Juiz de Fora tem uma logística excelente, mão de obra capacitada, qualidade de vida. Temos que estabelecer estratégias, mapear as vantagens competitivas e focar em ações prioritárias para conseguir mais desenvolvimento”, pontuou.

Também participaram da reunião os presidentes Ana Lúcia Machado (Sindimetal-JF); Jayme Carvalho (Simelp); João Luis Rocha do Amaral (Sindimeias-JF); Marcelo Assis (Sinfitece); Sérgio Picoli (Sindigraf-JF); e Walter Baldi (Sindimóveis).

Por Graciele Vianna