Notícia

Conselho debate projetos do SENAI, SESI e IEL para qualificação profissional

Entidades têm programas de aprendizagem e aperfeiçoamento em diferentes segmentos

Fotos: Sebastião Jacinto Júnior

Importantes projetos educacionais desenvolvidos pelo SESI, SENAI e IEL foram apresentados e debatidos em uma reunião ordinária entre integrantes do Conselho de Educação e Treinamento da FIEMG e convidados, na terça-feira (26). As iniciativas são voltadas para um público diverso, contemplando desde os ensinos Médio e Fundamental à graduação.

"A reunião foi importante para conhecer as ações desenvolvidas no campo da aprendizagem e treinamento. A indústria é muito dinâmica e a educação profissional deve acompanhá-la de perto. Enquanto conselho, estamos monitorando as demandas das empresas para sermos ainda mais assertivos na qualificação das pessoas”, avaliou o presidente do conselho, José Batista de Oliveira, que conduziu o encontro.

Tecnologia aliada da aprendizagem

O SENAI, por exemplo, atua com destaque na educação profissional, contemplando 28 áreas tecnológicas diferentes, aprendizagem industrial, capacitação profissional, educação a distância (EAD), além de cursos técnicos, conforme explicitou a Alessandra Teixeira, da gerência de Tecnologia e Educação para a Indústria. No caso dos cursos técnicos presenciais, observou Teixeira, o Google For Education é a principal plataforma para execução de 20% da carga horária EAD. Em 2021, a ferramenta alcançou 75.082 alunos e 1.493 docentes, tornando o SENAI em Minas referência nacional na utilização desse recurso.

"No EAD, nós desenvolvemos algumas estratégias educacionais para que o ensino não fique somente na teoria. Assim, os instrutores podem trabalhar com aprendizagem baseada em problemas, adaptativa, que cumpre etapas, e imersiva em que os alunos vão para a indústria", disse.

Outra iniciativa é o Programa SENAI de Ações Inclusivas (PSAI), cujo intuito é qualificar pessoas com necessidades específicas para o mercado de trabalho, promovendo a inclusão nos cursos da entidade. De 2018 a março de 2022, o projeto já beneficiou 3.576 pessoas.

Respeito ao próximo

No SESI, um dos programas desenvolvidos é o Rede de Virtudes, voltado à prevenção do bullying por meio da interiorização de valores pelos alunos. "A gente percebe que, desde a implantação do projeto, o índice de problemas de indisciplina reduziu antes da pandemia justamente por conta da conscientização. As famílias participaram conosco da implantação do projeto. Foi algo construído em conjunto", explicou a coordenadora da gerência de educação básica do SESI, Flávia Dias Bento. A entidade deu início ao projeto em agosto de 2016.

Língua estrangeira

O ensino de idiomas é uma das frentes de atuação do SESI no estado, com o programa bilíngue, conforme a gerente de educação básica do SESI/Educação, Inovação e Qualidade de Vida FIEMG, Karla Vignoli Viegas. A iniciativa já foi implantada em 18 escolas da rede, sendo direcionada a alunos do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais), em turmas de 25 pessoas. Viegas informou ainda que o SESI vai contar com uma Escola Bilíngue em 2024, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Teoria e prática

Desenvolvido pelo IEL em parceria com o grupo Ânima Educação, o programa Residência Industrial proporciona a universitários a oportunidade de desenvolver competências voltadas para o protagonismo, a criatividade, a solução de problemas e o empreendedorismo. O projeto conta com a participação relevante das empresas madrinhas, que submetem os participantes a um desafio relacionado à área de estudo do aluno. Durante um ano, o residente elabora o projeto proposto pela empresa, segundo explicou a analista de carreira industrial e gestora de Educação Executiva do IEL, Cinthya Andrade Pascoal Pimenta.

O Residência Industrial é direcionado exclusivamente a alunos matriculados nas unidades UNA e Uni-BH de Minas Gerais.

Clique aqui e veja mais fotos da reunião

Últimas notícias

  1. FIEMG busca fornecedores de materiais de higiene, limpeza e descartáveis

    Leia

  2. Barão de Cocais terá cursos gratuitos de capacitação

    Leia

  3. Programa Residência Industrial forma primeira turma com 33% dos alunos já contratados

    Leia

  4. Ainda dá tempo de garantir o seu futuro!

    Leia

  5. Minas Gerais precisa qualificar 1 milhão trabalhadores em ocupações industriais até 2025

    Leia

  6. Fundação Renova oferece curso gratuito de Montagem e Desmontagem de Andaimes em parceria com o SENAI

    Leia

  7. Sindivest Vale do Aço debate: “Indústria 4.0 no setor de confecções, uma realidade tangível?”

    Leia

  8. CIT SENAI recebe visita de Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico da Grande BH

    Leia