Notícia

IEL e FIEMG lançam 12ª edição do Programa de Desenvolvimento de Conselheiros

Programa de capacitação desenvolve habilidades e conhecimentos estratégicos. Conheça mais.

Fotos: Sebastião Jacinto Júnior

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e a FIEMG apresentaram, na última segunda-feira (30/05), 12ª turma do Programa de Desenvolvimento de Conselheiros. Ao todo, 32 participantes de diferentes segmentos econômicos serão capacitados ao longo dos próximos três meses, com o foco na efetividade do papel dos conselheiros, aprimorando a prática da gestão eficaz, baseada nos princípios da transparência, equidade e responsabilidade.

O presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, explicou que, tão logo assumiu a gestão da Instituição, identificou no mercado uma carência de cursos voltados para conselheiros. Por isso, observou o líder empresarial, o IEL desenvolveu o programa para suprir uma demanda do setor produtivo. "Mesmo que consultivo, o conselho tem uma função muito importante porque ele traz novas perspectivas para as organizações. Uma entidade ou empresa robusta e representativa precisa de um conselho atuante", disse durante solenidade que abriu a nova edição da capacitação.

Roscoe afirmou que o curso proporciona aos participantes a possibilidade do compartilhamento de informações entre alunos e professores. O programa chega à 12ª edição com 315 pessoas formadas e, mais uma vez, o líder empresarial sugeriu um desafio aos gestores da capacitação de chegar ao final da sua segunda gestão com 1.000 formandos. Flávio Roscoe lembrou ainda da importância do feedback dos alunos para o aprimoramento do curso.

Já o superintendente regional do IEL, Gustavo Macena, disse que o programa foi concebido para profissionais que não atuam necessariamente em conselhos de administração, mas que desejam fazê-lo. "O propósito é que no final do curso os participantes estejam aptos para acelerar o futuro da indústria no papel de conselheiros". 

Corpo docente

O professor da disciplina Estratégias de Negociação e Gestão de Conflitos, Adão Ladeira, considera o curso aderente às demandas do universo organizacional que, na visão do docente, busca por profissionais atualizados e preparados. Para Ladeira, falar sobre negociação em um programa de formação de conselheiros é “fomentar a reflexão sobre uma ferramenta universal que favorece a busca cooperativa de soluções de conflitos”.

Além do conteúdo teórico, o curso vai abordar questões comportamentais de desenvolvimento humano. Quem vai falar sobre tema é a presidente do Conselho Empresarial de Recursos Humanos da Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), Elaine Ramos, que entende ser fundamental o conselheiro conhecer a si mesmo na tomada de decisões. "A qualidade dos relacionamentos impacta nos resultados. Para se relacionar bem com o outro, é preciso estar bem resolvido com a gente mesmo", disse.

Programa de Desenvolvimento de Conselheiros tem carga horária total de 70 horas no formato on-line e ao vivo (síncrona), com a participação de um mediador e dos alunos.

Rafael Passos
Imprensa FIEMG

Clique aqui e conheça mais o programa

Últimas notícias

  1. Conselheiros do SESI/SENAI/IEL conhecem Centro 4.0

    Leia

  2. Inatel e SENAI-MG lançam pós inédita em 5G aplicado à Indústria 4.0

    Leia

  3. FIEMG intensifica ações de reforço à qualidade do ensino em Minas Gerais

    Leia

  4. Confira neste episódio do podcast, as vantagens do ensino semipresencial

    Leia

  5. FIEMG realiza treinamento com trabalhadores do segmento de rochas

    Leia

  6. Federação mineira busca fornecedores

    Leia

  7. Tecnologia brasileira para apoiar desenvolvimento da África Ocidental

    Leia

  8. Presidente da FIEMG reforça determinação de investir na Educação

    Leia