Notícia

Minas 300 anos: Produzindo desenvolvimento e construindo o futuro

Perfil industrial é marca registrada de um estado que é diverso e inovador desde o nascimento

Minas Gerais do ouro e dos diamantes, o estado da indústria da mineração, que lhe rendeu o nome. Minas Gerais da Inconfidência Mineira, empreendedores que ajudaram a constituir o Estado Nacional e a República e a abrir os caminhos da liberdade e do progresso. Desde então Minas Gerais passou a fortalecer seu perfil industrial e hoje conta com uma das mais diversificadas e pujantes economias do país.

“Minas Gerais da metalurgia, da siderurgia, do agronegócio, da moda, da energia, da indústria automotiva e de dezenas de outros setores, que fazem girar a roda do desenvolvimento e geram oportunidades para milhões de mineiros e brasileiros. Temos imenso orgulho do nosso estado e estamos prontos para sermos o motor dos próximos 300 anos de riquezas e avanços, com tecnologia, inovação, muitos talentos e grandes valores. Produzimos desenvolvimento e estamos construindo o futuro”, celebrou o presidente da FIEMG, Flávio Roscoe.

Atualmente, o amplo parque fabril do estado conta com vários segmentos relevantes, que representa uma grande base de contribuição para a economia do Estado. Tanto que Minas abriga a indústria da transformação com o segundo maior faturamento do país, contextualiza o líder industrial. O setor, segundo dados divulgados pelo IBGE, gerou um avanço de 23,7% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no terceiro trimestre deste ano, mesmo com a crise sanitária mundial devido à Covid-19. “Diante do quadro de pandemia, os resultados são positivos. O cenário que aguardávamos era pior”, considera o gestor.

“A diversificação da economia é vital. A FIEMG investe pesado em ciência e tecnologia e programas que integrem indústrias às startups, como o FIEMG Lab, culminado em um amplo planejamento tecnológico para o estado. Acreditamos que a tecnologia é o caminho para agregar valor e desenvolver novos segmentos e com isso, diversificar a matriz econômica mineira”, aponta o presidente da FIEMG. Além do FIEMG Lab, na área da inovação e tecnologia, a indústria mineira pode contar com o Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) SENAI e o Centro de Desenvolvimento e Treinamento da Indústria 4.0, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A Federação mineira realiza ainda amplo trabalho na defesa dos interesses da indústria. Durante a pandemia, a entidade trabalhou efetivamente para mudanças na legislação, tentando melhorar o ambiente de negócios e a redução da burocracia, essenciais ao bom desempenho da economia.

“Também trabalhamos em defesa dos interesses da sociedade. Fizemos a defesa da Medida Provisória 936, que, por meio da junção de esforços do poder público, das empresas e dos trabalhadores, já salvou cerca de 12 milhões de empregos. Fomos a primeira instituição a apoiar a reforma da previdência. Temos defendido medidas que que afetam diretamente ou não o setor industrial, porque são de interesse da sociedade e a FIEMG não tem medo de se posicionar”, finalizou o líder industrial. 

Últimas notícias

  1. CIT SENAI desenvolve pesquisa para indústria de bebidas saudáveis

    Leia

  2. A hora da indústria é agora

    Leia

  3. A hora é agora! 2021 é o ano do seu emprego na indústria

    Leia

  4. Últimos dias para se inscrever na Chamada Mining Hub de Inovação

    Leia

  5. Provas para Aprendizagem Industrial 1º semestre de 2021 do SENAI-MG são adiadas

    Leia

  6. SENAI e Mining Hub estão com inscrições abertas para chamada de inovação

    Leia

  7. ArcelorMittal vence na categoria de inovação do Empresas Mais

    Leia

  8. CIT SENAI assume laboratórios físicos da Samarco em Minas e no Espírito Santo

    Leia