Notícia

Saúde mental, pandemia e trabalho

Analista em saúde do SESI-MG fala sobre cuidados com o psicológico e como transtornos mentais afetam a qualidade de vida

Fotos: Vivi Martinelli

Os cuidados com a saúde mental para o trabalho e a importância de estar atento às emoções ganharam mais relevância durante a pandemia. Esses e outros temas foram abordados em uma palestra no terceiro dia do 27º do Minas Trend pela psicóloga, especialista em psicologia do trabalho e analista em saúde do SESI-MG, Vanessa Winter Nunes.

Com uma abordagem objetiva e didática, a profissional destacou que a Covid-19 e o isolamento social impactaram sobremaneira o lado psicológico, trazendo um novo cenário. "O efeito causado pela pandemia nas relações entre as pessoas vai durar um tempo que a gente ainda não sabe precisar. Cada um reagiu à doença de uma forma. O medo, a incerteza e a insegurança são desafios com os quais precisamos conviver melhor. Por isso, a importância do autoconhecimento para entendermos melhor os nossos limites e nossas virtudes ", disse.

Em relação ainda à pandemia, a psicóloga falou sobre a necessidade de trabalhadores de determinados setores se adaptarem ao home office e como essa situação laboral influenciou no estado mental. "A convivência e o bate-papo informal com os colegas foram interrompidos. Houve uma nova situação em que as nossas casas viraram ambiente de trabalho e tivemos que encontrar um equilíbrio entre as prioridades cotidianas".

Durante a palestra, Vanessa abordou as principais doenças associadas ao mental que acometem o trabalhador - ansiedade, depressão e Síndrome de Burnout - e os fatores causadores desses problemas. No ambiente laboral, exigência demasiada, pressão e cobrança exageradas, exaustão, desmotivação e relacionamento conflituoso são condições desfavoráveis para a saúde mental que merecem todo o cuidado, de acordo com ela.

Para superar problemas psicológicos, a palestrante enfatizou a necessidade de enfrentá-los de forma efetiva, quebrando tabus a respeito do assunto, além de procurar ajuda especializada. "Uma saúde mental debilitada colabora para significativas alterações sociais e condições de trabalho precárias", alertou.

"Não é egoísmo priorizar o psicológico", afirmou Vanessa no encerramento da apresentação, ao se referir a alguns hábitos que colaboram para deixar o emocional em dia, como meditação, atividade física, exercícios de respiração, descanso e alimentação e relacionamentos saudáveis.

Clique aqui e saiba como foi o 27º do Minas Trend

Rafael Passos
Imprensa FIEMG

Últimas notícias

  1. Conselheiros do SESI/SENAI/IEL conhecem Centro 4.0

    Leia

  2. Inatel e SENAI-MG lançam pós inédita em 5G aplicado à Indústria 4.0

    Leia

  3. FIEMG intensifica ações de reforço à qualidade do ensino em Minas Gerais

    Leia

  4. Confira neste episódio do podcast, as vantagens do ensino semipresencial

    Leia

  5. FIEMG realiza treinamento com trabalhadores do segmento de rochas

    Leia

  6. Federação mineira busca fornecedores

    Leia

  7. Tecnologia brasileira para apoiar desenvolvimento da África Ocidental

    Leia

  8. IEL e FIEMG lançam 12ª edição do Programa de Desenvolvimento de Conselheiros

    Leia