Notícia

SENAI entra na lista da Forbes

Instituição aparece na 8ª colocação entre as 100 maiores empresas que direcionaram recursos para o combate ao coronavírus

Os esforços do SENAI Nacional no combate à Covid-19 foram reconhecidos pela revista Forbes. Dentre as 100 maiores empresas que direcionaram recursos para ajudar no enfrentamento ao novo coronavírus, o SENAI figura em 8ª colocação. A matéria da Forbes,  revista norte-americana de negócios e economia, cita a mobilização feita junto ao setor industrial, que levantou R$ 63 milhões para o combate ao vírus. Uma rede coordenada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo SENAI mobilizou indústrias de diversos portes, entidades representativas setoriais e as federações estaduais das indústrias. 

E Minas Gerais não ficou de fora desta rede de solidariedade e o SENAI MG vem trabalhando intensamente na elaboração de ações de combate à pandemia do novo coronavírus. São diversas iniciativas que que estão impactando cidadãos em todo estado de Minas Gerais, como a produção de jalecos, máscaras, álcool glicerinado 70% e conserto de respiradores.

“O SENAI, de maneira ágil, converteu alguns dos nossos equipamentos educacionais e de inovação em módulos produtivos. Isso possibilitou trabalharmos em várias frentes, empenhando nosso conhecimento técnico seja na reparação de respiradores mecânicos, produção e doação de EPI’s e insumos essenciais ao sistema de saúde e seus profissionais”, explica Christiano Leal, diretor regional do SENAI MG, ressaltando que as ações visam mitigar os impactos da pandemia sobre a sociedade, auxiliando na preservação da saúde e pavimentando uma retomada segura das atividades industriais.

Um exemplo são as ações do Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI (CIT SENAI FIEMG), que fica em Belo Horizonte. O espaço, em parceria com o Departamento de Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), está produzindo álcool 70% glicerinado que está sendo distribuídos a hospitais públicos que necessitem do material. Até o momento, já foram produzidos 55 mil litros de álcool. O CIT também realizou a manutenção de 165 respiradores.

 Já o SENAI Modatec, em BH, produziu 245 mil máscaras e 6 mil aventais para envio à Secretaria Estadual de Saúde, hospitais públicos e Policia Militar. As máscaras de tecido também estão sendo distribuídas a funcionários da FIEMG e comunidade. “A 8ª colocação do SENAI na lista da Forber dentre as 100 maiores empresas doadoras do Brasil na guerra contra a Covid-19, bem como nossa classificação como indústria, reforça que estamos no caminho certo no desempenho de nosso papel perante a sociedade”, afirma Leal.


106229263_2038113536332728_5457197302861573749_o.jpg

Esforço conjunto em prol da sociedade - No enfrentamento à Covid-19, a FIEMG adotou medidas estratégicas para atenuar os impactos econômicos e sociais da pandemia, defendendo o setor industrial e a sociedade. A Federação mineira liderou um movimento de arrecadação junto às empresas que já entregou à sociedade mais de R$200 milhões, em recursos e iniciativas.


Por iniciativa da FIEMG, o Hospital Mater-Dei-Betim-Contagem foi equipado com 242 novos leitos e o Instituto Mário Pena com 60 leitos exclusivos para pacientes com a doença. A Federação foi também essencial na criação do Hospital de Campanha no Expominas e o espaço conta com 768 leitos com respiradores, o que ajudará a desafogar os demais hospitais, caso haja necessidade.

Também mobilizou empresários para a criação de ventiladores mecânicos, com tecnologia e insumos mineiros. Desta produção, 1.500 serão direcionados, gratuitamente, para a redes estadual de saúde pública. 
“Entendemos a necessidade de apoiar as unidades de saúde do estado, pois sabemos que não há a quantidade necessária de respiradores para o tratamento dos casos que poderão vir a acontecer. Vamos atuar no sentido de apoiar os mineiros, para minimizar os efeitos dessa pandemia”, afirma Flávio Roscoe, presidente da FIEMG.

Em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), seis grandes terminais de transporte coletivo de Belo Horizonte, totalizando 14 estações do sistema Move, receberão 50 totens de álcool glicerinado 70%. A estação Carijós do Move, na avenida Paraná, em frente ao número 180, foi a primeira a receber os totens.

Cerca de 800 mil pessoas transitam por dia nesses locais. O equipamento possui estrutura de metalon com altura de 1,5 metro. Cada totem suporta 2,5 litros de álcool. Ao todo, mais de 100 litros do produto serão disponibilizados diariamente para a manutenção dos totens que vão ajudar a proteger da Covid-19 os usuários do transporte coletivo na capital.

Já o SESI, por meio da gerência Segurança e Saúde para a Indústria, está atuando promovendo o bem-estar da sociedade por meio de seu Teleatendimento de Saúde. O sistema, que é gratuito, fornece à população, por meio de um número de telefone e um endereço de e-mail, acesso a diversos profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros e nutricionistas, dentre outros. O atendimento é em todo o estado.

 Para as indústrias mineiras, o SESI está fornecendo testes rápidos para a Covid-19. Inicialmente, a testagem será realizada nos setores que são essenciais, como os ligados à produção de insumos para a área de saúde e, também, o de alimentação. Os testes rápidos, que liberam o resultado em 15 minutos, contam com uma tecnologia que permite a criação de laudos e está disponível para as indústrias no valor de R$99. 

Últimas notícias

  1. Rede voluntária coordenada pelo SENAI entrega mais de 2 mil respiradores consertados a hospitais

    Leia

  2. Aulas dos cursos técnicos do SENAI-MG voltam no próximo dia 17

    Leia

  3. SENAI-MG desenvolve túnel de desinfecção para enfrentamento da Covid-19

    Leia

  4. Seu futuro é agora!

    Leia

  5. Respiradores produzidos pela Tacom, com apoio da FIEMG, são homologados pela Anvisa

    Leia

  6. FIEMG Live vai trazer dicas para volta às aulas no SENAI

    Leia

  7. SENAI MG e MT se unem para desenvolver produto para melhoria de solo

    Leia

  8. 100 mil litros de álcool são produzidos no CIT SENAI FIEMG

    Leia