Notícia

SENAI propõe desafio na área de engenharia e de meio ambiente para universitários da UNA

Iniciativa integra academia e mundo do trabalho

O Desafio Mercado e Universidade, oferecido pela UNA em parceria com a FIEMG, com o objetivo de integrar universidade e mundo do trabalho, possibilitando a atuação real dos alunos do Centro Universitário, trouxe várias soluções que podem movimentar o setor produtivo. Além da FIEMG, por meio do SENAI, participaram ainda as empresas FTP, CSN de Congonhas e a Ambev de Sete Lagoas. Cada uma delas propôs um desafio ou problema que agora conta com soluções desenvolvidas por alunos dos cursos das engenharias do Centro Universitário UNA, campus Cristiano Machado, Linha Verde, Conselheiro Lafaiete, Itabira e Sete Lagoas.

O coordenador do Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Indústria 4.0 do SENAI, Hudson Otávio, foi o responsável por apresentar o desafio aos universitários. De acordo com ele, a ideia foi instigar a criatividade dos estudantes para o setor da construção civil, que é muito amplo, necessitando de soluções inovadoras em áreas como a elétrica, metalmecânica, ambiental, entre outras. Outro fator relevante para a escolha do setor diz respeito à empregabilidade, a indústria da construção civil foi a maior geradora de emprego no país no ano de 2020.

“A construção civil não só se destaca pelo grande impacto econômico na geração de emprego e renda, mas ela é responsável por produzir 50% dos resíduos do país. O SENAI e a FIEMG atendem várias indústrias do setor, então trouxemos um desafio amplo para contribuir efetivamente com o desenvolvimento de Minas Gerais”, enfatizou Otávio. O desafio proposto foi o desenvolvimento de uma solução para aproveitamento de resíduos de forma a reduzir os impactos ao meio ambiente, bem como a redução de despesas ou geração de receitas.

Com a proposta de criar um Centro Integrado de Gerenciamento de Resíduos (Cinger), a equipe Golden Team, foi a vencedora do desafio proposto pelo SENAI. A ideia é explorar a parceria e criar um espaço para desenvolver o ensino e a pesquisa. O centro terá papel de aproximar as indústrias dos alunos, possibilitando que os universitários atuem diretamente nesse processo de reaproveitamento. Para isso, serão direcionadas partes dos resíduos provenientes da construção civil, em que os alunos trabalhariam em produtos e pesquisas com esses materiais.

A equipe vencedora do desafio do SENAI receberá o curso “Desvendando a Indústria 4.0” e ainda uma imersão na tecnologia 4.0, por meio de uma vivência no Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Indústria 4.0, onde, entre outras coisas, os universitários terão a oportunidade de aprender a operar uma impressora 3D, equipamentos avançados em robótica e conhecer outras soluções para a implantação da quarta revolução industrial.

“A indústria é ponto fundamental para o crescimento do estado e, hoje, a ampliação da geração de emprego e renda, passa pela indústria. Temos orgulho de ter uma indústria desenvolvida e trabalhar para a atração de mais estabelecimentos. O desafio é uma excelente oportunidade para aprender e atuar dentro do setor industrial, que precisa, cada vez mais, de mão de obra qualificada e de bons profissionais. É isso o que a UNA promove e será um diferencial de mercado muito grande, fazendo a diferença na formação e na entrada de vocês no mercado de trabalho”, afirmou o superintendente de Comunicação da FIEMG, Pedro Costa, durante a abertura dos trabalhos do Desafio Mercado e Universidade.

Últimas notícias

  1. Entenda como a indústria gera desenvolvimento e empregos e chega até à mesa dos mineiros

    Leia

  2. SENAI-MG desenvolve curso de montagem e operação de impressoras 3D

    Leia

  3. Do ferro-velho para as salas de aulas

    Leia

  4. Atuação da FIEMG contribui para mudança de entendimento do TJMG sobre a inconstitucionalidade dos TAC's

    Leia

  5. Escola de Energia: SENAI e Energisa abrem 70 vagas para formação em TI

    Leia

  6. Cursos Técnicos do SENAI estão com matrículas abertas

    Leia

  7. Os desafios da sucessão patrimonial e familiar

    Leia

  8. FIEMG apoia o Junho Laranja

    Leia