Notícia

CIT SENAI apresenta tecnologias para inativar vírus de superfícies

Ciclo on-line vai compartilhar soluções, projetos e novidades para a indústria

O primeiro encontro do Ciclo de Inovação On-line do Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) SENAI foi realizado no dia 2/9 e teve como tema “Superfícies antivirais para prevenção da Covid-19 e outras doenças”, com participação da professora titular de Microbiologia da UFMG Erna Kroon e pesquisadores do CIT SENAI.

De acordo com Felipe de Campos Carreri, doutor e pesquisador do Instituto de Engenharia de Superfícies do CIT SENAI, uma das maneiras de prevenir a proliferação de doenças infecciosas como a Covid-19 é trabalhar a superfície de materiais para que tenham propriedade antiviral. “Uma das abordagens é o recobrimento. É possível depositar um recobrimento, uma camada fina com propriedade antiviral. Ela tem capacidade de ativar ou matar o vírus, prevenindo a transmissão”.

Segundo Carrieri, a medida é segura e pode ser usada em diversos ambientes, como residências, automóveis, aviões ou ônibus. “Uma possibilidade é o processo de deposição por plasma. Podemos usar materiais como prata ou cobre que podem ser depositados na superfície sem causar grandes alterações estéticas”, contou.

O uso da técnica para combater outros tipos de microrganismos foi citado por Fábio Augusto de Souza Ferreira. O doutor e pesquisador do Instituto de Engenharia de Superfícies do CIT SENAI alertou ainda que é essencial testar a eficácia desses produtos de acordo com cada objetivo.

“Outros microrganismos podem ser prejudiciais à saúde. Existe uma série de agentes antimicrobianos e, antes do uso desses materiais, é importante testar a eficácia daquele composto para determinado microrganismo. Dentro os agentes bastantes comentados, temos a nano partícula de prata, já comprovada a eficácia em si. Mas para ter eficiência que desejamos, é preciso uma série de considerações. Avaliar qual é a matriz, qual tipo de tinta usada na superfície, como vai ser feita a incorporação, por exemplo”, esclareceu Ferreira.

 Live-CIT.jpg

Viriontech

O debate apresentou como o Centro de Inovação e Tecnologia, em parceria com a Viriontech, startup incubada no Biominas localizado no CIT SENAI, tem potencial para desenvolver materiais cujas superfícies possuem a propriedade antiviral, antibacteriana e antifúngica, uma demanda que cresceu muito neste momento da pandemia.

Erna Geessien Kroon, professora Titular do Departamento de Microbiologia  da UFMG, falou sobre a estrutura dos vírus, em especial da família dos coronavírus e o Sars-CoV-2, que é o responsável pela Covid-19.

“Os vírus têm uma estrutura diferente no geral. São inúmeras espécies e as estruturas são muito diversas. Uma que temos visto muito é a do coronavírus, que chamamos de envelopada. O genoma é envolvido por um envelope cuja composição é lipoproteica. Ele é bastante diferente de outros vírus”, explicou Kroon.

“Para conseguirmos superfícies virucidas, temos que fazer testes de eficiência e nós realizamos esses testes na Viriontec. Podemos usar modelos de outros coronavírus e dessa forma trabalhar para entendermos da composição química do vírus que transmite a Covid-19”.

O debate foi mediado pelo gerente de Inovação e Tecnologia do CIT SENAI, José Luciano de Assis Pereira que reforçou a importância do trabalho de pesquisa desenvolvido pelo SENAI. “O CIT SENAI é um dos maiores centros de inovação e pesquisa privados do país. Vamos realizar uma série de conversas sobre competências dessa temática de interesse do setor”.

O Ciclo de Inovação On-line do CIT SENAI será realizado todas as quartas-feiras, às 17h, com transmissão ao vivo pelo canal da FIEMG no YouTube.

Últimas notícias

  1. FIEMG recebe premiação pelo apoio no desenvolvimento de respiradores pulmonares

    Leia

  2. Minascon 2020 apresenta inovações e tendências para a construção civil

    Leia

  3. Livros: uma companhia para toda a vida

    Leia

  4. Inscrições prorrogadas: Encontro para exportação de indústrias da mineração

    Leia

  5. FIEMG Regional ZM promove workshop sobre LGPD

    Leia

  6. Tribologia é pauta de live do CIT

    Leia

  7. Conselho de Representantes da FIEMG debate o futuro da indústria

    Leia

  8. Romeu Zema e Flávio Roscoe oficializam doação de respiradores no Centro-Oeste

    Leia