Notícias

Vencendo em casa

Mineira leva medalha de ouro em seletiva da WorldSkills

A mineira Bruna Alessandra Pinto Vieira foi a grande vencedora da seletiva de Panificação para a WorldSkills, realizada no dia 03/08, no SENAI Lagoinha, em Belo Horizonte. A medalha vale a disputa de uma vaga para o mundial que será realizada em Kazan, na Rússia, em 2019. “É muito bom vencer em casa e ter a energia das pessoas”, fala.

Bruna disputou com outros oito competidores, vindos dos estados de Alagoas, Distrito Federal, Mato Grosso, Pernambuco, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Para o diretor regional do SESI e SENAI, Cláudio Marcassa, realizar a seletiva nas unidades do SENAI de Minas Gerais é um reconhecimento da competência técnica, de infraestrutura e da tecnologia que as unidades do estado apresentam. Outro fator importante ressaltado pelo diretor é o intercâmbio e a troca de conhecimento entre os alunos, além da motivação. “A competição nos deixa um legado de motivação para outras gerações, que têm perspectivas de um futuro, de estudar e se dedicar, praticar e ir muito além da cadeira escolar”, analisa.

A possibilidade de renovação de mão-de-obra é outro ponto positivo que as seletivas apresentam. De acordo com Vinícius Dantas, presidente da Associação Mineira da Indústria da Panificação (AMIPÃO), a competição qualifica, e para o segmento de panificação a renovação é muito importante, pois traz também modernidade. “Os jovens gostam de tecnologia, têm o espírito de competição, de ousadia. Hoje precisamos de gente com disponibilidade de aprender. A produtividade na panificação é um grande problema brasileiro. Muito bom pra nós assistir um quadro nesses aqui”, fala.

Minas traz tradição na panificação

O dia foi de medalhas e também de homenagens. A mineira Jéssica Nascimento Batista, ex- aluna do curso de Aprendizagem Industrial em Panificação no SENAI Lagoinha e hoje instrutora na unidade, recebeu uma homenagem por seu resultado na seletiva brasileira da Mondial du Pain durante a FIPAN 2018, que aconteceu no Expo Center Norte, em São Paulo. Entre 12 participantes, ela ficou em 2° lugar e ganhou 4 dos 6 prêmios de melhor produto: Brioche, Escultura, Pão Típico e Pão Saudável.

“Fiquei muito feliz com a homenagem. Todo o resultado que eu tive foi graças ao SENAI. Comecei aqui com 16 anos e tudo o que eu sei hoje foi pela minha dedicação e o apoio que tive da instituição”, conta.

Segundo Jéssica, Minas, Alagoas e São Paulo são os estados com mais tradição na panificação e foram seus representantes que subiram ao pódio: Alexandro Costa Silva Junior, de Alagoas ficou em segundo lugar e Gustavo Alves Campello, de São Paulo, recebeu a medalha de bronze.

Mais medalhas pelo Brasil 

Outros integrantes da equipe mineira também saíram com medalhas da competição. É o caso de Igor Peixoto Severino, Lucas Rodrigues Vigiano e Nikolas Resende Costa, que ficaram com o bronze, respectivamente, nas ocupações de Polimecânica e Automação, realizada em Resende, no RJ, Movelaria, que aconteceu em Guará, DF e Modelagem de Protótipos, disputada em Campo Grande, na Paraíba. 

Antônio Alves Baesse Neto, Heverton Luis de Oliveira e Silva e Lucas Pereira Esquerdo, da equipe de Manufatura Integrada, disputada também em Resende, ficaram com a prata. 

Clique aqui e confira as fotos da competição. 

SJJ_2940.JPG

 

 

 

Galeria

Últimas notícias

  1. Entidades da construção civil realizam dia de saúde, lazer e cultura para trabalhadores do setor

    Leia

  2. Governador Valadares recebe o Lab Truck do SENAI

    Leia

  3. Empresas de Uberaba são aprovadas em edital de inovação

    Leia

  4. SINDBEBIDAS e PCIR promovem mais uma ação do Projeto Pão de Malte

    Leia

  5. Projeto de alunos do SENAI/MG é destaque na imprensa nacional

    Leia

  6. LAB TRUCK TOUR a caminho de Governador Valadares

    Leia

  7. Pará de Minas recebe a primeira Oficina de Rotulagem de Alimentos

    Leia

  8. SENAI levará cultura maker para 14 municípios mineiros

    Leia