Notícias

Teatro SESIMINAS recebe alunos da rede pública em sessão comentada de filme

Iniciativa é fruto de uma parceria do SESI-MG com a Embaixada dos EUA e celebra 125 anos do cinema

Fotos: Sebastião Jacinto Júnior

Acesso à cultura e debate em torno de temas fundamentais e estruturantes na sociedade, como educação, democracia, diversidade e inclusão social, por meio do cinema. Essas experiências foram vivenciadas por estudantes da rede pública em Belo Horizonte em uma sessão comentada de filme, na quarta-feira (27), no Teatro SESIMINAS, e fazem parte de uma parceria do SESI-MG com o Escritório da Embaixada dos Estados Unidos na capital. A iniciativa integra um projeto que celebra os 125 anos da Sétima Arte.

Ao todo, 448 alunos do Ensino Médio ocuparam as cadeiras do teatro para assistir "Um sonho possível - The Blind Side (2009)". Baseada em fatos reais, a produção norte-americana conta, em síntese, a história de superação de um garoto negro filho de uma mãe viciada que foi adotado por uma família rica e branca. Após o filme, um professor de cinema conduziu um bate-papo com alunos, que subiram ao palco e disseram o que pensam sobre o filme.

A narrativa despertou diferentes sentimentos nos adolescentes. Foi o caso de Adrian Souza, de 17 anos, que revelou ter se identificado com o protagonista do longa-metragem. "O ator representou um garoto negro que não teve o apoio da mãe e estava abandonado, mas foi acolhido e conseguiu estudar".

O estudante falou sobre a importância do projeto do SESI-MG com a Embaixada Americana por oferecer a estudantes a oportunidade de frequentar espaços culturais. "O aprendizado não acontece somente na sala de aula e existem outras formas de transmitir informação. Com acesso à cultura, nós compreendemos de onde viemos e onde estamos. Nós não vivemos sem ela. A cultura une pessoas".

"Debater temas explorados no filme é um dos caminhos para expandir o conhecimento dos alunos e trabalhar determinadas habilidades de cada um", observou a professora de inglês Isabela Vilela, que considera fundamental a relação entre educação e cultura na formação do estudante.

Desafio

A analista de projetos na área de responsabilidade e cultura do SESI-MG, Carla Brandão, explicou que o filme exibido foi escolhido criteriosamente por uma curadoria para cumprir o propósito da parceria. Carla ressaltou ainda a responsabilidade da entidade de desenvolver o projeto e contribuir para a educação de jovens e adolescentes. "É a certeza que a gente está proporcionando o bem para as pessoas. Eu sinto gratidão por participar e isso nos dá força para fazer mais".

Para a cônsul dos EUA em Belo Horizonte, Katherine Ordoñez, o trabalho em conjunto com o SESI-MG é "fundamental para realizar o projeto e alcançar jovens em vulnerabilidade social ". Lançada em 13 de abril, a iniciativa se estenderá até o início de maio, com sessões de filmes comentados para alunos de 14 a 18 anos em Contagem, na Região Metropolitana de BH, e Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Clique aqui e veja mais fotos do evento.

Rafael Passos
Imprensa FIEMG

Últimas notícias

  1. Denise Fraga diz que peça em cartaz no SESIMINAS convoca à empatia

    Leia

  2. FIEMG intensifica ações de reforço à qualidade do ensino em Minas Gerais

    Leia

  3. Festa junina é sucesso no SESI-JF

    Leia

  4. Denise Fraga traz seu primeiro espetáculo solo, 'Eu de Você', a BH

    Leia

  5. Denise Fraga estrela peça em Belo Horizonte

    Leia

  6. Transforme seus resíduos em receitas

    Leia

  7. Federação mineira busca fornecedores

    Leia

  8. Dois atores de sucesso se apresentam no palco do Teatro SESIMINAS

    Leia