Notícias

Mais 48 estudantes da região se qualificam no Programa Futuros Engenheiros

Alunos do 1º semestre de 2019 receberam certificado na FIEMG Regional ZM

Mais uma etapa do Programa Futuros Engenheiros foi finalizada com êxito em Juiz de Fora. Os alunos do 1º semestre de 2019, sétimo grupo a se formar por meio da iniciativa na Zona da Mata, participaram, no dia 12 de julho, da solenidade de conclusão do curso, realizada na FIEMG Regional ZM. Em sua 12ª edição, o programa, totalmente gratuito, formou ao todo 255 estudantes de 14 turmas das diversas áreas de Engenharia, em Juiz de Fora, Ipatinga e Belo Horizonte. Ao todo, desde o início de sua realização, o Futuros Engenheiros já certificou 2243 estudantes, em 130 turmas ofertadas. O projeto é desenvolvido gratuitamente pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL), SENAI e SESI.

Concluíram o curso em Juiz de Fora 48 alunos, das turmas de Operação de Processos em Mecânica Industrial e de Operação de Processos de Instalações Elétricas. Além de ser um modelo de qualificação profissional, a iniciativa permite ao estudante aliar conhecimentos teóricos e práticos e simular a rotina de trabalho na indústria. O curso é voltado para universitários matriculados e frequentes do 5º ao 10º período do ensino superior das áreas de Engenharia. Além disso, o interessado deve residir e estudar na região.

Participaram da cerimônia, compondo a mesa solene, o presidente da FIEMG Regional Zona da Mata e do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Juiz de Fora (Sinduscon-JF), Aurélio Marangon Sobrinho; o diretor administrativo do Sindicato dos Engenheiros no Estado de Minas Gerais – Regional Zona da Mata (SENGE), Fernando José; o inspetor-chefe do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Juiz de Fora (CREA), José Eduardo Modesto; o diretor das unidades SENAI Juiz de Fora, Vander Montesse; e a analista de Projetos do IEL e coordenadora geral do Programa Futuros Engenheiros, Renata Oliveira.

Para Aurélio Marangon, o programa representa uma oportunidade para o estudante universitário ou profissional recém-formado desenvolver suas competências técnicas e habilidades comportamentais para atuar na indústria com mais conhecimento e excelência. “Ser engenheiro é um grande desafio, é uma profissão muito bonita, mas muito exigida e regulada por muitas legislações. Vocês terão grandes desafios pela frente, mas são jovens e têm muita energia, então aproveitem bem o conhecimento adquirido. Parabéns e muito sucesso!”, disse.

Renata Oliveira ressaltou a necessidade que temos de transformar o Brasil pela Engenharia, um país onde se tem muito a construir. “Que vocês trabalhem sempre com muita ética e retidão, e sejam os verdadeiros engenheiros do futuro”, destacou. Já o diretor do SENAI, Vander Montesse, falou sobre a necessidade de desenvolvimento de habilidades comportamentais para alcançar o sucesso. “Não queremos engenheiros teóricos e acadêmicos, faltava a vocês a prática do chão de fábrica. O curso foi um desafio, mas certamente valeu a pena. Agradecemos pela confiança em nossa instituição e desejamos que vocês busquem seus sonhos. Realizações são fruto do desejo e do trabalho. E o sucesso não vem antes do trabalho”, disse.

José Eduardo Modesto deixou uma palavra de incentivo, falando aos alunos que eles devem estudar sempre, valorizando igualmente a questão técnica e humana, e participando de entidades associativas. Já Fernando disse que existem três pilares para ser um bom profissional: formação acadêmica, profissional e cidadã. “Usem bem seus talentos. A Engenharia é o setor que mais gera empregos em uma nação, representando desenvolvimento e qualidade de vida. Tenham orgulho da profissão de vocês, a Engenharia é o futuro do Brasil”, destacou.

Em seguida, alunos representantes das três turmas formandas deram seu depoimento: Francia Carminate Ferreira Alkmim Rosa, Lucas Nogueira Sodré e Luísa Silva Barbosa. E, finalizando o evento, os estudantes receberam seus certificados de participação no Programa Futuros Engenheiros. De acordo com Fernanda Oliveira, analista de carreira industrial responsável pelo Núcleo do IEL em Juiz de Fora, a capacitação continuará no segundo semestre de 2019, mas uma grande novidade é que agora a oportunidade foi estendida para engenheiros com até cinco anos de formados. Em Juiz de Fora, foram oferecidas 60 vagas, no turno da manhã, nas áreas de Operação de Processos em Mecânica Industrial (20 vagas); e Operação de Processos de Instalações Elétricas (40 vagas). As aulas da 13ª edição do Programa Futuros Engenheiros terão início no dia 22 de julho, no SENAI CFP “José Fagundes Neto”, em Juiz de Fora.

_DSC0589.JPG

 

Por Graciele Vianna

Últimas notícias

  1. Coordenadores Sindicais se reúnem no SESI MAO

    Leia

  2. Escolas SESI brilham no Concurso Canguru de Matemática

    Leia

  3. Trem de Férias anima programação das crianças no SESI Museu de Artes e Ofícios

    Leia

  4. Programa Futuros Engenheiros forma 150 estudantes na RMBH

    Leia

  5. SIVELS realiza palestra sobre impactos do e-Social

    Leia

  6. Dia do Panificador é celebrado pela AMIPÃO

    Leia

  7. A responsabilidade socioambiental e sua importância para os negócios

    Leia

  8. Programa Futuros Engenheiros certifica estudantes em Ipatinga

    Leia